Arrumando a casa de praia

Deixe a casa de praia pronta para as férias de verão

Quem já está pensando nos dias de calor, praia e sol? Se você tem esse refúgio para dias de sossego na praia, já deve estar se organizando para deixar tudo pronto para receber a turma nessas férias.

Para dar menos trabalho e para que você possa aproveitar uns dias de folga perto da natureza e de quem você gosta, separamos algumas dicas para deixar a sua casa de praia devidamente arrumada:

– Se a casa estiver fechada: Tente chegar uns 2 ou 3 dias antes dos demais convidados para fazer uma limpeza, lavar as roupas de cama e organizar as compras do supermercado.

– Se já for uma casa de uso constante: Provavelmente já estará organizada e limpa para a chegada das visitas. Então, será necessário somente organizar as compras do supermercado, os alimentos, produtos de limpeza, de higiene pessoal e um kit de primeiros socorros.

– Cheguei: Independente da periodicidade do uso da casa, abra os armários e janelas para que entre ar e luz solar, a fim de eliminar o mau cheiro provocado pelo mofo.

– Funcionamento dos eletrodomésticos: Para não ficar devendo na hora da sobremesa do almoço de domingo, verifique o liquidificador e a batedeira, além é claro o fogão e a geladeira.

– Cama e colchão: Passe o aspirador de pó para retirar a poeira que ficou acumulada na superfície do colchão e depois arrume as roupas na cama.

– Verifique as paredes e armários, principalmente se houver indícios de mofo. Limpe-os passando um Pano Resist Colors da Spontex umedecido em uma solução de água com vinagre branco, para evitar a proliferação dos fungos.

– Revise os utensílios para a praia: Veja as boias estão furadas, se as pranchas das crianças podem ser usadas, se as cadeiras e o guarda sol estão enferrujados. Uma dica para evitar danos causados pelo sol, areia e maresia, é limpar com água doce e secar no sol mesmo.

– Piscina: Para quem tem piscina em casa, verifique com a pessoa responsável por cuidar se está tudo certo ou se é necessário algum produto especial.

Depois disso tudo, é só aproveitar a farra com a família e os amigos. Bom descanso!

Fonte: Bbel/ Organize sem Frescura

5 Dicas para tratar queimaduras de sol

Saiba como aliviar a pele após a exposição solar

Quem nunca sofreu os efeitos do excesso de exposição ao sol?

A recomendação é sempre evitar a exposição ao sol sem proteção solar para não sofrer com as temidas queimaduras, e passar o bloqueador 30 minutos antes de se expor ao sol, reaplicando-o a cada duas horas ou após entrar na água. Boné, chapéu e óculos de sol também são itens obrigatórios para os dias mais intensos. Evitar ficar no sol das 10h às 16h também é altamente recomendado.

Conviver com queimaduras de sol não é nada agradável, a pele arde até mesmo ao tomar banho. Veja algumas dicas caseiras para aliviar os efeitos das queimaduras solares:

  1. Chá de Camomila Gelado – A camomila possui efeito calmante e pode ajudar a diminuir a vermelhidão e a ardência na pele. Prepare o chá de camomila normalmente e coloque o líquido na geladeira. Depois é só fazer compressas sobre as áreas mais afetadas.
  2. Amido de Milho – Ele absorve o suor e o calor da pele, além disso, cria uma fina película na pele para que ela se recupere mais rapidamente. Experimente preparar um banho com água fria e adicionar duas ou três colheres de sopa de amido de milho.
  3. Iogurte – A lactose presente no iogurte hidrata a pele e acelera o processo de cicatrização. Coloque o iogurte na geladeira antes de aplicar na área da pele que está queimada do sol. O iogurte ajuda a aliviar os efeitos de queimaduras moderadas.
  4. Óleo de calêndula – É recomendado para áreas sensíveis como o rosto. O óleo de calêndula nutre a pele e ajuda no processo de cicatrização. Ele diminui o aspecto de vermelhidão da pele.

Não se esqueça: sempre use filtro solar e avise seu dermatologista sobre queimaduras mais graves.

Alimentação no verão

Que seja leve e eficaz para aguentar a melhor estação do ano!

Com as temperaturas lá em cima e todo mundo em clima de Carnaval, o ideal é curtir esses dias de verão com dieta leve, rica em nutrientes e que faça você se sentir bem.

Ou seja, tem estar satisfeita para não querer comer algo na primeira barraquinha de praia que vir. E nem pode se sentir muito estufada, para poder curtir o melhor que a estação mais animada do ano tem para te oferecer.

O ideal é consumir alimentos leves, refrescantes e coloridos para manter a saúde. Confira algumas sugestões:

  • Sanduíche natural: Fácil e delicioso, é melhor que qualquer fast food para dar uma ‘’enganada’’ na fome. Você pode optar por pão integral, com recheios como atum, peito de frango, salmão, peito de peru, queijo branco e cream cheese, que são boas fontes de proteínas e são uma delícia.
  • Salada: Uma saladinha fresca é a campeã no verão! Além de leve, ajuda no funcionamento do organismo e dá sensação de saciedade. A dica é: quanto mais colorida e variada, mais saudável será a sua refeição.
  • Omelete: O ovo é uma boa fonte de proteínas. A gema possui antioxidantes que trazem benefícios para a saúde e ainda ajuda a controlar a ansiedade devido a vitaminas do complexo B encontradas nele. Para dar mais sabor ainda, acrescente outros ingredientes como cebola, tomate, queijo branco, uma pitada de sal e em seguida coloque em uma frigideira com poucas gotas de azeite.
  • Salada de frutas: A boa e velha salada de frutas é certeira no verão. Faça uma mistura com diversos tipos de frutas de sua preferência para deixá-la completa e saborosa. Apenas evite o consumo de leite condensado, chantilly ou açúcar. Para dar uma incrementada, coloque castanhas, amêndoas e iogurte natural.

Aedes Aegypti e suas doenças

Saiba mais sobre a dengue, o zika vírus e a chikungunya

Os sintomas e sinais da dengue, zika vírus e chikungunya são diferentes, mas tem um fator importante em comum: o transmissor. O mosquito Aedes Aegypti é o inseto capaz de causar três enfermidades que têm preocupado a população brasileira.

Mas o danado do mosquito tem fama mundial, a de ‘’o mosquito da febre amarela’’. Apesar de ser combatido no país desde o início do século passado, ainda se luta muito para o bichinho não fazer o estrago que faz normalmente, principalmente com a chegada do verão, quando a maior intensidade de chuvas favorece sua reprodução.

O ideal como qualquer doença é prevenir, e a maneira é barrando a reprodução do mosquito transmissor. Por exemplo, armazenando lixo em sacos plásticos fechados; mantendo a caixa d’água completamente vedada; não deixar água acumulada em calhas e coletores de águas pluviais; recolher recipientes que possam ser reservatórios de água parada, como garrafas, galões, baldes e pneus, conservando-os guardados ou tampados; encher com areia os pratinhos dos vasos de plantas e tratar água de piscinas e espelhos d’água com cloro são ações fundamentais que contribuem para evitar a disseminação do vírus transmissor da doença.

Agora veja os sintomas e como tratar as três doenças:

  • Dengue: A mais conhecida e presente no Brasil tem como os principais sintomas a febre alta (geralmente dura de 2 a 7 dias), dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Nos casos graves, o doente também pode ter sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal, vômitos persistentes, sonolência, irritabilidade, hipotensão e tontura. Em casos extremos, a dengue pode matar. O tratamento ideal a pessoa com sintomas da dengue deve procurar atendimento médico imediato. E as recomendações são ficar de repouso e ingerir bastante líquido. Não existem remédios contra a dengue. Caso apareçam os sintomas da versão mais grave da doença, é importante procurar um médico novamente.
  • Chikungunya: A origem do nome chikungunya é africana e significa “aqueles que se dobram”. É uma referência à postura dos doentes, que andam curvados por sentirem dores fortes nas articulações. O principal sintoma é a dor nas articulações de pés e mãos, que é mais intensa do que nos quadros de dengue. Além disso, também são sintomas: febre repentina acima de 39 graus, dor de cabeça, dor nos músculos e manchas vermelhas na pele, e o casos de mortes são raros. Como no caso da dengue, não há tratamento específico. É preciso ficar de repouso e consumir bastante líquido. E não deve tomar nenhum remédio sem autorização, pois existe um grande risco de hemorragia.
  • Zika: Mais uma que é transmitida pelo mosquitinho! Mas esta não é tão forte quanto o da dengue ou da chikungunya e os pacientes apresentam algo próximo de um quadro alérgico. Apesar dos sintomas serem parecidos com os das outras duas doenças: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo zika também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite. Assim como nas outras viroses, o tratamento consiste em repouso, ingestão de líquidos e remédios que aliviem os sintomas e que não contenham AAS.

Alimentos que prolongam o bronze

Veja o que comer pra ganhar uma corzinha no verão

Voltou dos feriados com aquele bronze maravilhoso? Além de deixar a gente mais bonita e confiante, é sinônimo de saúde, já que a vitamina D fica potente no organismo.

Veja alguns alimentos indispensáveis para manter o bronzeado:

  • Cenoura: o clássico amigo do bronzeado. Coma todos os dias, mas com calma, senão o bronzeado pode ganhar uma cor alaranjada.
  • Abóbora: contém altas doses de betacaroteno. Além do bronze, ajuda a combater a oxidação das células e atua contra o envelhecimento.
  • Mamão também é rico em betacaroteno: coma todos os dias!
  • Manga boa fonte de betacaroteno, rica em vitaminas do complexo B uma delícia geladinha no verão!
  • Acerola: essa frutinha é lotada de vitamina C e também é amiga do bronzeado.
  • Pimentão amarelo, vermelho e verde: contêm boas doses das vitaminas A, E e C, que garantem proteção ao sistema imunológico, e dão uma força na cor.
  • Beterraba: amiga do bronzeado, da pressão e rica em betalaína, um antioxidante natural.
  • Agrião, Espinafre e Repolho: as folhas escuras também são amigas da cor do verão. O agrião ainda é um inibidor da fome fora de hora, além de ser fontes de vitamina C e fibras.
  • Brócolis: outro dos vegetais escuros, é gostoso e colabora para a manutenção do dourado da pele .
  • Couve: além de amiga do bronzeado, é abundante em cálcio, que faz bem para os ossos.

Turistando: Fortaleza

Diversão garantida na capital cearense

Continuamos com a nossa saga de apresentar para você cidades bacanas para conhecer no Brasil. Hoje nossa sugestão é Fortaleza. A capital do Ceará é diversão garantida e tem uma infinidade de atrações turísticas. São muitos os atrativos, desde a hospitalidade de seu povo aos passeios por belas praias.  Leia mais

Motivos para amar o verão

A estação é a mais quente e mais animada do ano!

Se você gosta de aproveitar o dia, estar em contato com a natureza, gosta da pele bronzeada, sua época do ano chegou!

Se é que existe essa necessidade, mas listamos alguns motivos por amar o verão! Leia mais

Pernas inchadas: aprenda a minimizar

pernas

Está sofrendo com as pernas inchadas? Saiba que você não é a única. Com o calorão que tem feito em várias regiões do País, é normal se sentir mais inchada, principalmente nas pernas e pés. Leia mais

Doenças de verão: saiba como se prevenir

doenças de verão

Altas temperaturas, alimentação desregrada e cheia de junk food, muito sol, água do mar da piscina… O verão é uma das estações em que mais cometemos excessos. E, por isso, é importante ficar atenta e não descuidar de uma série de fatores nesta época do ano. Leia mais

Refresque-se com sucos de frutas!

1608865_3909423949669_875409020_n

Tá muito calor por aí? Que tal um suco para aliviar o calorão?

Nada melhor do que preparar sucos de frutas, que, além de refrescantes, podem fornecer nutrientes imprescindíveis para a saúde e manter a disposição durante toda a estação. Que tal prepará-los agora? Leia mais