7 dicas para economizar dentro de casa

Ajudar no bolso e no planeta é algo útil para todo mundo?

Economizar recursos naturais é preciso, mas, no entanto, muitos consumidores só tomam consciência quando o abuso afeta a carteira, não é mesmo? Para evitar que a conta venha muito alta no final do mês é possível mudar alguns hábitos de maneira simples.

Veja algumas dicas:

  • Substitua as lâmpadas incandescentes pelas econômicas. Elas geram a mesma luminosidade, duram mais e poupam 80% de energia;
  • Reduza em cinco minutos o tempo de uso do chuveiro elétrico. A economia pode chegar a 48 litros de água por banho;
  • Na hora de construir ou reformar, avalie os produtos utilizados, a possibilidade de reuso de água e de utilização de energia solar;
  • Produtos descartáveis devem ser evitados a todo custo, pois são os grandes responsáveis pelo aumento do volume de lixo que geramos. Seu uso tão breve não justifica seu enorme custo ambiental;
  • Instale equipamentos poupadores como torneiras que regulam a vazão e evitam o desperdício;
  • Reutilize a água do último enxágue da máquina de lavar para a limpeza doméstica e para dar descarga nos banheiros, por exemplo;
  • Informe-se sobre locais para o descarte apropriado de eletroeletrônicos como celulares e computadores velhos. O fabricante ou a loja onde você comprou o produto podem te informar onde fazer o descarte correto. Ou tem alguns lugares que dão desconto em novas compras com peças antigas.

Lavar roupa de maneira sustentável

Na rotina de uma casa, a tarefa doméstica que mais consome água e energia é a lavagem da roupa.

Mas com boas práticas é possível ser ecologicamente correto e reduzir o impacto ambiental desta atividade.

– Use a capacidade máxima da máquina de lavar. Economize água e energia lavando uma boa quantidade de roupa de uma vez. Apenas tenha cuidado para não sobrecarregar a máquina. Verifique o site do fabricante se estiver na dúvida sobre a capacidade do seu equipamento;

– Faça boas escolhas de produtos. Produtos concentrados levam menos água em sua produção. Outra vantagem é a embalagem compacta que leva menos matéria prima em sua fabricação, gera menos resíduos e reduz a emissão de CO2 durante o transporte;

– Um enxágue basta. Essa opção permite uma economia de aproximadamente 60 litros de água por lavagem;

– Reaproveite recursos. Use a água da lavagem para outras atividades domésticas, como lavar o quintal, a calçada e até mesmo os pneus do carro.

Dia Mundial do Meio Ambiente

Veja como comemorar junto com a natureza!

Neste dia do Meio Ambiente, listamos alguns pontos básicos para dar uma mãozinha no futuro do planeta.
  • Não é permitido cortar ou podar árvores sem a autorização da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente da sua cidade. A poda drástica é proibida, e pode ser irreversível!
  • Recicle e reaproveite tudo aquilo que for possível. Já mostramos aqui no blog quanto tempo duram alguns materiais, então reaproveitar o máximo é uma dica de ouro.
  • Faça mudanças do seu deslocamento, use mais transporte público, ou faça um esquema de carona. Quanto menos carros na rua, menos emissão de CO2 no nosso ar. Ande mais a pé e de bicicleta! Se a padaria fica a duas quadras da sua casa, não vá de carro, e ainda vai ser mais saudável caminhar um pouco.
  • Não desperdice água. Feche torneiras, cheque se não há vazamentos na casa e “não confunda mangueira com vassoura”.
  • Reduza o consumo de energia elétrica. Além do seu bolso agradecer, o planeta também agradece! Não se esqueça de ao sair de um cômodo apagar as luzes.
  • Cheque se o seu bairro possui coleta seletiva. Separe o material e só coloque na rua no dia da coleta.
  • Nunca jogue lixo no chão! Caso não encontre uma lixeira próxima, guarde-o com você até encontrar o local adequado para descartá-lo.

Comemore o dia de hoje ajudando o planeta! 😉

 

Veja quantas vezes um material pode ser reutilizado.

Olha uma tabela com números assustadores pode te fazer pensar mais.

Você já deve estar cansado de ouvir falar sobre a necessidade das coisas serem reaproveitada, no mundo de hoje a reciclagem é um conjunto de técnicas que têm o objetivo de aproveitar os restos e reutilizá-los no processo de produção de que saíram, que é de extrema necessidade.

Pois pensando no brasileiro, nós produzimos cerca de 500 gramas de lixo por dia. Assim pode parecer pouco, agora multiplica por 200 milhões, vira bolos enormes de lixo.

Na natureza, toda a matéria orgânica viva se decompõe rapidamente e ainda ajuda a tornar a terra mais fértil para alimentar novos seres que virão. Mas, com os seres humanos é diferente, porque são os únicos seres vivos que produzem coisas artificiais, e, algumas delas como latas de refrigerante, plástico e vidro levam uma eternidade para se decompor.

Confira, abaixo, o tempo de decomposição de diferentes materiais:

  • Jornais: de 2 a 6 semanas
  • Embalagens de papel: de 3 a 6 meses
  • Madeira: em média, 6 meses
  • Fósforos e pontas de cigarros: 2 anos
  • Chiclete: 5 anos
  • Lata de aço: 10 anos
  • Nylon: 30 anos
  • Pneus: mais de 100 anos
  • Tampas de garrafas: 150 anos
  • Latas de alumínio: de 200 a 500 anos
  • Isopor: 400 anos
  • Plásticos: 450 anos
  • Fralda descartável comum: 450 anos
  • Vidro: mais de 10.000 anos

E então, prontos para reutilizar?

Um dos itens que mais usamos são as garrafas pets. E por que ao invés de esperarmos 450 anos para usar esse produto não procuramos alguamnova utilidade?

Veja então algumas ideias simples de usar aquele monte de garrafa que você não vai mais usar!

Opção 1: Jardins Verticais
jardim vertical

 

 

 

 

 

 

 

Opção 2: Luminária Estilizada

luminaria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 3: Porta Joias

porta joia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 4: Vassoura

vassoura

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 5: Porta Moedas

porta moedas

 

 

 

 

 

 

 

 

Todas elas são opções bem simples e utilizáveis para o dia a dia. Bora colocar criatividade pra jogo e aproveitar!

Imagens: Pinterest

Tapetes para decorar a casa

A melhor opção são as peças feitas de materiais naturais e reaproveitados.

A temperatura está caindo, o inverno está chegando e os tapetes são ótimos para deixar os ambientes mais aconchegantes. Na hora de escolher um, que tal optar pelos ecologicamente corretos?

Peças feitas com fibras naturais, como bambu, lã e até palha de bananeira ganham cada vez mais espaço no mercado. Além de contribuir com o meio ambiente, por serem recicláveis, muitas vezes incentivam o trabalho de artesãos e pequenas comunidades, que mantêm a técnica passada de geração em geração.

Outra opção sustentável é o tapete feito a partir de garrafas PET. Nesse processo, as garrafas são transformadas em fibras e, finalmente, em fios de poliéster. O mais bacana é que este tapete acaba com o problema da rinite, já que é antialérgico.

Também existem tapetes feitos com fibra de papel. São acessórios produzidos a partir de cerca de 90% de uma trama de papel, ou fibra de celulose, e fio de algodão. Os tapetes são tingidos naturalmente e sem adição de compostos químicos.

Todos esses tapetes têm a vantagem de serem hipoalergênicos e fáceis de limpar. Existem modelos para todos os gostos e bolsos, mas se você quiser, pode reaproveitar seus tapetes antigos e fazer um belo patchwork, com retalhos dos mais velhos. Assim, você não gasta nada e ainda dá um ar diferente à decoração.

Opções não faltam! Já escolheu a sua?

No Dia Mundial da Reciclagem, veja dicas para reaproveitar materiais em casa

recicle

Hoje, 17 de maio, é Dia Mundial da Reciclagem. Mais importante que a data em si, é termos consciência de que podemos fazer a nossa parte para garantir um futuro mais sustentável para o planeta.

Se reciclar é a palavra de ordem, selecionamos algumas ideias que você pode repetir facilmente em casa, reutilizando materiais simples e que, com certeza, vão dar um toque superespecial a qualquer cantinho do seu lar!

Confira nossa galeria especial! 😉
Leia mais