Dentro ou fora da geladeira?

Acabe de vez com a dúvida de onde guardar os alimentos!

Chegamos do mercado ou da feira com a sacola cheia de coisas gostosas para semana ou para o mês. E sempre surgem algumas dúvidas sobre como guardar os alimentos, sem perder qualidade e nutrientes.

Um estudo do Serviço de Saúde do Reino Unido (NHS) apontou algumas recomendações sobre a melhor forma de armazenar certos alimentos:

  • Tomates: perdem o sabor se forem refrigerados, porque a produção de enzimas é reduzida.
  • Bananas: dentro da geladeira aumenta o prazo para consumo, mas precisam amadurecer do lado de fora antes.
  • Abacates: não amadurecem apropriadamente se forem refrigerados ainda verdes.
  • Ovos: é melhor mantê-los na geladeira, assim, serão armazenados a uma temperatura constante.
  • Sobras de alimentos: é preciso esperar que esfriem antes de colocá-las na geladeira, mas precisam ser consumidas em no máximo dois dias.
  • Pão: podem ressecar e até envelhecer mais rápido dentro da geladeira, mas podem ser congelados.
  • Cebolas e batatas: a geladeira não é indicado, melhor manter em um armário fresco e escuro.
  • Manteiga: mantenha no refrigerador, em especial as sem sal, mas pode ficar do lado de fora por um dia ou dois.

E como você costuma manter os alimentos em casa? Conta pra gente!

Como guardar alimentos na geladeira

Veja algumas dicas para fazer com que os alimentos durem muito mais

Dentro do refrigerador, qual é o real sentido de colocar os legumes no gavetão? Manter a cozinha organizada e colocar cada alimento no lugar correto faz bem para a saúde e também ajuda no bolso.

Como o eletrodoméstico possui zonas diferentes de temperatura, certos alimentos ficam melhor armazenados em determinados espaços. É importante ressaltar que não existe nenhuma proibição de algumas comidas não ficarem em determinado compartimento. O que existe é uma recomendação. Sendo assim, vamos abrir a geladeira e verificar quais alimentos devem ficar em cada compartimento:

  • Porta: Por conta do “abre-fecha”, essa região é onde ocorre a maior variação de temperatura. O recomendado é colocar alimentos que não serão prejudicados pela mudança, como sucos, água, molhos, condimentos e conservas.
  • Primeira prateleira: Como essa é a região mais refrigerada, o ideal é colocar nela alimentos que são mais perecíveis, como iogurtes, sobremesas, frios e requeijão. Ou comidas já prontas, como uma torta ou um arroz, sempre em um recipiente de vidro ou de plástico e nunca dentro da própria panela.
  • Prateleiras seguintes: Nas prateleiras seguintes, vale colocar outros alimentos, dentre eles os crus, como carnes, aves e pescados. Para evitar a contaminação cruzada, não devemos colocar os alimentos crus junto com os cozidos, já que o cru pode passar alguma bactéria para os cozidos. Fora o problema de odor, já que o cheiro da comida também acaba se misturando.
  • Gavetão: A parte mais baixa do refrigerador é a região menos fria e, por isso, a mais indicado para armazenar frutas, verduras e legumes. Esses alimentos devem ser guardados dentro de sacos plásticos transparentes e nunca dentro da embalagem de origem. A embalagem do supermercado traz contaminação para o ambiente da geladeira. Fora que ao colocar em uma embalagem apropriada a durabilidade do produto também aumenta.

Outra dica de organização para manter a geladeira em dia é, ao chegar do supermercado, lavar todas as embalagens antes de guardá-las. Para não contaminar a geladeira, o ideal é higienizar com um Pano Resist da Spontex umedecido com água e álcool as latinhas e embalagens antes de armazená-las.

Fonte: UOL

Organizando a Geladeira

Esta não é uma medida supérflua, é sim uma questão de saúde,

Muitas pessoas têm o hábito de manter a geladeira bem cheia, porém a visível fartura pode significar desperdício e uma possível intoxicação alimentar.

Pois o excesso de itens pode fazer com que alimentos sejam esquecidos e se deteriorem ou estejam em locais inadequados para a sua perfeita conservação e futuro consumo.

Ou seja, não vemos facilmente os indícios de que um alimento está estragado não são visíveis, portanto, é preciso se prevenir armazenando-os adequadamente e tendo controle da validade, no caso de produtos industrializados.

Veja algumas dicas para melhorar isso:

  • Ovos: Os ovos não devem ser retirados de sua caixa original, nem lavados antes de serem colocados na geladeira. A caixa de papelão é o material ideal para perfeita conservação deste alimento, que deve ser lavado somente no momento do uso.
  • Leite e laticínios: Para esses produtos não azedam precisam ficar nas prateleiras mais frias da geladeira, geralmente as de cima, para evitar a fermentação.
  • Legumes, verduras e frutas: Para os legumes e verduras permanecerem frescos por mais tempo é preciso conservá-los com um pouco de umidade. Por isso a gaveta de vegetais é o local perfeito na geladeira para guardá-los. Mantê-los em sacos plásticos, frouxamente amarrados e não os lavar antes do uso são também boas medidas
  • Embutidos: Os embutidos, assim como os potinhos com sobras de alimento que têm alta rotatividade são alimentos que podem ficar nas prateleiras menos frias da geladeira. Pois, eles contam com altos níveis de substâncias conservantes, sendo mais difícil deterioração.
  • Condimentos: São geralmente ricos em vinagre e sal, que são conservantes naturais. Portanto, ketchup, maionese, temperos para salada, azeitonas e conservas de picles ou palmito, por exemplo, podem ficar na porta da geladeira.

Fonte: Vida Organizada

Limpeza da geladeira

 12

Veja dicas de como deixar seu refrigerador brilhando.

Ninguém merece sentir aquele cheiro desagradável na geladeira! Pois é, por isso vamos te dar algumas dicas para você conservar sua geladeira sempre limpinha! Leia mais