Ovo de Páscoa Trufado de Colher

Veja como fazer essa delícia para a Páscoa!

Muita gente está com dinheiro mais curto, mas nem por isso quer dizer que vai faltar chocolate nesta data, não é mesmo?

O ovo de Páscoa trufado é uma das opções mais pedidas, então veja como fazer essa receita na sua própria casa.

Ingredientes:

– 150 g de chocolate meio amargo;

– 100 g de chocolate ao leite;

– 1 dose de licor de cacau;

– 1 lata de creme de leite;

– 1 colher de sopa de mel;

– Formas para ovo de Páscoa.

Pegue os 150g de chocolate meio amargo e coloque em um recipiente plástico, leve ao forno micro-ondas e deixe por aproximadamente 8 minutos ou até que derreta completamente. Feito isso, retire o chocolate do forno e coloque o recipiente sobre uma superfície de mármore, ou qualquer pedra gelada. Com a ajuda de uma espátula mexa até que a consistência engrosse e fique fria.

Agora, disponha as formas sobre a mesa e despeje uma camada de chocolate derretido, retire o excesso e leve à geladeira por aproximadamente 5 minutos, depois retire e coloque a segunda camada, repita o mesmo procedimento levando para a geladeira por mais 15 minutos ou até que a forma adquira uma cor esbranquiçada. Após este tempo, retire as formas da geladeira e desenforme cuidadosamente, reserve os ovos de chocolate.

Para fazer o recheio, coloque os 100 g de chocolate ao leite em um recipiente plástico, leve ao forno micro-ondas e deixe derreter por aproximadamente 8 minutos. Quando isso acontecer, retire do forno e acrescente à tigela 1 lata de creme de leite, 1 dose de licor de cacau, 1 colher de sopa de mel. Com a ajuda de uma colher, mexa até que a mistura fique homogênea. Deixe esfriar até que consiga colocar dentro das metades feitas anteriormente. Então, para finalizar, coloque a mistura dentro dos ovos, cubra e deixe para gelar.

Feito isso, é guardar para presentear alguém ou esperar o dia para abrir em família e se deliciar!

Fantasias de Carnaval para as crianças

Que os pequenos amam uma fantasia, isso não é novidade!

Separamos algumas ideias simples de improvisação de fantasias para você fazer para eles neste Carnaval.

Astranauta ou Homem Foguete: Com duas garrafas pet você faz um colete que dá a impressão de carregar duas bombas de ar. Você só precisa pintar as garrafas, usar papel de seda para fazer o fogo e amarrar com cinto ou faixa de tecido!

 

fant 1

Cleópatra: Com uma fronha antiga, você pode transformá-la em uma túnica. Abra buracos para os braços, pernas e a cabeça. E para incrementar a fantasia decore com papel dourado na gola, faça braceletes com rolos de papel higiênico, coroa com tiara, franjas e bijuterias para deixar a sua Rainha do Nilo linda.

fant 2

Tartaruga Ninja: Com uma bacia, forma ou qualquer tipo de vasilhame redondo você consegue fazer isso! O ideal é ser de plástico para poder pintar e não pesar nos ombros da criança. Você terá somente que pintar de verde e transpassar uma faixa para amarrar nas costas. Para a máscara use o mesmo tecido que transpassou, somente faça dois buraquinhos para os olhos.

 

fant 3

 

Sereia: Apenas um biquíni e um tule para fazer a saia. Compre uma grande quantidade de tule e assim você pode prendê-lo com uma fita de cetim abaixo dos joelhos. Na parte de cima da fantasia, use um biquíni. Você pode complementar a fantasia colocando um colar de pérolas.

fant 4

Fontes: https://www.cashola.com.br/blog/criancas/fantasias-para-criancas-feitas-em-casa-413

http://www.bagagemdemae.com.br/fantasias-de-carnaval-para-fazer-voce-mesmo/

 

Receitas de Halloween

Para não fazer feio na festa!

Quer assustar (e arrasar) na festa de Dia das Bruxas? Selecionamos três receitas de dar água na boca.

Tudo bem fácil, veja só:

Túmulo de Nega Maluca

rec 1

Imagem: Tudo Gostoso

– 1 receita de bolo de chocolate

– 1 receita de brigadeiro

– 1 pacote de bolacha de maisena

– confeitos verdes/granulado chocolate

Faça a receita de bolo de chocolate da sua preferência ou use aqueles comprados prontos. Corte pedaços em forma retangular de baixa altura e reserve. Faça uma receita de brigadeiro de chocolate e despeje sobre o bolo. Quebre uma das pontas arredondadas da bolacha e encaixe na extremidade mais fina do bolo. Despeje os confeitos verdes e granulados para criar o efeito de terra e grama.

Cogumelos de Halloween

rec 2

Imagem: Tudo Gostoso

– 10 ovos cozidos

– 5 tomates

– mostarda ou maionese

Essa quantidade é mais um parâmetro para quantos você quiser fazer, tá bom? Corte as pontinhas dos ovos cozidos, depois corte todos os tomates ao meio e retire a polpa. Com a parte cortada do ovo colocada para baixo, pegue a metade do tomate e coloque em cima, com um pouco de maionese, que servirá como ‘’cola’’. Coloque gotinhas de maionese sobre o tomate.

Biscoito de Osso

rec 3

Imagem: Bolsa de Mulher

– 6 claras de ovo

– 1 ½ xícara de açúcar

– Folha de papel manteiga

Primeiro pré-aqueça o forno a 120ºC. Enquanto isso coloque as claras e o açúcar em uma tigela de metal. Coloque a tigela sobre uma panela com água fervendo e usando uma batedeira elétrica, bata até que o açúcar fique bem integrado e a mistura fique quente ao toque.

Retire a tigela do calor e bata em velocidade máxima até que comece a formar picos bem firmes, é mais ou menos uns 8 minutos batendo.

Coloque o suspiro num saco de confeitar com pico liso. Sobre folhas de papel manteiga, forme os ossos, deixando um espaço entre eles. Depois asse os biscoitos de Halloween até que fiquem bem sequinhos, leva mais ou menos 1 hora. Retire do forno e deixe esfriar antes de servir.

Veja quantas vezes um material pode ser reutilizado.

Olha uma tabela com números assustadores pode te fazer pensar mais.

Você já deve estar cansado de ouvir falar sobre a necessidade das coisas serem reaproveitada, no mundo de hoje a reciclagem é um conjunto de técnicas que têm o objetivo de aproveitar os restos e reutilizá-los no processo de produção de que saíram, que é de extrema necessidade.

Pois pensando no brasileiro, nós produzimos cerca de 500 gramas de lixo por dia. Assim pode parecer pouco, agora multiplica por 200 milhões, vira bolos enormes de lixo.

Na natureza, toda a matéria orgânica viva se decompõe rapidamente e ainda ajuda a tornar a terra mais fértil para alimentar novos seres que virão. Mas, com os seres humanos é diferente, porque são os únicos seres vivos que produzem coisas artificiais, e, algumas delas como latas de refrigerante, plástico e vidro levam uma eternidade para se decompor.

Confira, abaixo, o tempo de decomposição de diferentes materiais:

  • Jornais: de 2 a 6 semanas
  • Embalagens de papel: de 3 a 6 meses
  • Madeira: em média, 6 meses
  • Fósforos e pontas de cigarros: 2 anos
  • Chiclete: 5 anos
  • Lata de aço: 10 anos
  • Nylon: 30 anos
  • Pneus: mais de 100 anos
  • Tampas de garrafas: 150 anos
  • Latas de alumínio: de 200 a 500 anos
  • Isopor: 400 anos
  • Plásticos: 450 anos
  • Fralda descartável comum: 450 anos
  • Vidro: mais de 10.000 anos

E então, prontos para reutilizar?

Um dos itens que mais usamos são as garrafas pets. E por que ao invés de esperarmos 450 anos para usar esse produto não procuramos alguamnova utilidade?

Veja então algumas ideias simples de usar aquele monte de garrafa que você não vai mais usar!

Opção 1: Jardins Verticais
jardim vertical

 

 

 

 

 

 

 

Opção 2: Luminária Estilizada

luminaria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 3: Porta Joias

porta joia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 4: Vassoura

vassoura

 

 

 

 

 

 

 

 

Opção 5: Porta Moedas

porta moedas

 

 

 

 

 

 

 

 

Todas elas são opções bem simples e utilizáveis para o dia a dia. Bora colocar criatividade pra jogo e aproveitar!

Imagens: Pinterest

Como planejar um closet

Ter um closet planejado é bastante interessante, pois além de permitir a visão total das suas roupas, garante praticidade na hora de escolher o que vai vestir, principalmente quando você tem pouco espaço disponível e muita roupa.

Assim, você precisará pensar em novas soluções para guardar sem amontoar tudo em cima do guarda-roupas. Um closet bem planejado pode ser uma boa opção: pode ser em um quarto vazio ou em seu próprio quarto, no lugar do tradicional guarda-roupa.

Atualmente, existem inúmeros modelos, de madeira ou alumínio, e de vários compartimentos, sendo que o ideal é montar um de acordo com seu gosto e necessidade. Tudo começa com um levantamento da quantidade de sapatos, peças a serem guardadas e dobradas, e o comprimento de cabideiros.

Na hora de organizar seu closet é essencial que você separe as peças por cores. É indicado também que a cor do seu closet seja de preferência branca, pois facilita a visualização das peças e dá mais amplitude ao cômodo.

Com uma furadeira, algumas buchas e parafusos, faça um planejamento prévio, determinando o lugar para cada peça de aramado. Se você está com dinheiro sobrando, pode fazer uma bela sapateira, mas se quer economizar, recicle caixotes de feira no formato de nichos. Fica super lindo e charmoso!

Os aramados são uma opção bem versátil para pessoas que gostam de mudar as coisas de lugar para renovar a energia do local, porque podemos trocar quando quisermos a posição das prateleiras e montarmos de acordo com nossa necessidade.

Na hora da arrumação, para facilitar, todas as roupas ficam organizadas por cores, como os casacos. As saias e shorts ficam nos cabideiros inferiores. As blusinhas, regatas e camisetas ficam separadas por tipos e têm etiquetas de identificação nas prateleiras.

No móvel central ficam os objetos menores, como as bijuterias, que podem ter divisórias de veludo para separar cada peça com mais cuidado.  As bolsas ficam organizadas em prateleiras com divisórias, ou penduradas em mancebos. Os sapatos podem ficar em caixotes ou em gavetas corrediças para maior visualização, evitando o acúmulo de pares sem uso.

Calças e saias hoje são colocadas em cabides – o calceiro se tornou obsoleto por ser pouco prático. Lingeries e roupas de banho podem ser armazenadas em gavetas com divisórias para melhor aproveitamento dos espaços.

Agora, mãos à obra para ter o armário (ou closet) dos seus sonhos!

Como cuidar das plantas dentro de casa

Veja algumas dicas para decorar sua casa com plantinhas

Plantas embelezam o interior da casa, purificam o ar em ambientes fechados e dão um toque natural. Veja com algumas dicas:
  • Certifique-se de que suas plantas obtenham bastante luz. Procure saber a quantidade de luz natural disponível e necessária para as plantas. A janela é um lugar ideal, mas certifique-se de ter um prato ou bandeja sob os vasos de plantas para recolher o excesso de água da rega e da condensação que, muitas vezes, ocorre nas folhas durante a noite.
  • Regue-as quando necessário. As plantas precisam de água, porém, não regue demais, nem de menos. Ao regar, faça isso até que você possa ver um pouco de água saindo do fundo do vaso. Nunca use vasos que não tenham, pelo menos, um orifício na parte inferior.
  • Cuidado com as pragas de plantas. Mesmo não tendo um jardim enorme, elas surgem também. Seja por insetos que se alimentam delas e fazendo-as perder o vigor, ou falta de cuidados. Aprenda a identificar essas pragas e como tratá-las. Geralmente diluir um inseticida no solo funciona, mas nem sempre.
  • Use um vaso bonito. Um vaso decorativo que combina com o mobiliário pode realmente realçar a beleza da planta. Colocar cerca de 2,5 cm de cascalho para aquário no prato sob o vaso ajuda bastante a planta. Ao regar, o excesso de água vai para o prato e evapora-se em torno da planta, tornando o ar em volta um pouco mais úmido. Isso é especialmente útil durante o inverno. Certifique-se de que a água não toque o fundo do vaso, pois se ele ficar sobre a água, as raízes apodrecerão e a planta pode morrer.
  • Regue a planta quando o pote estiver visivelmente mais leve do que estava quando a planta foi regada pela última vez. Poucas espécies, com exceção das plantas de aquário e papiro, gostam de ficar molhadas por mais de um dia, então cuidado! Encontrar o equilíbrio certo entre umidade e secura é o desafio em manter plantas no interior felizes e saudáveis.
  • Espécies:

– Plantas Grandes: Pau d’água (Dracaena fragans), Ficus (as variedades com grandes e com pequenas folhas), Lança-de São-Jorge (Sanseveria), Lírio-da-paz (Spathiphyllum), Antúrio (Anthurium andraeanum).

– Plantas menores: Bromélias, begônias, violetas africanas, orquídeas, Avenca (Adiantum capillus veneris), Erva-da-fortuna (Tradescantia fluminensis), Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata), Planta-jade (Crassula), Zamioculcas (Zamioculcas zamiifolia) e Plectranto (Plectranthus nummularius)

Evite: Ave do paraíso, Bambu, Palmeiras e Samambaias, a menos que você possa fornecer bastante luz e alta umidade adicional durante todo o ano.

E lembre-se: quando for cuidar das suas plantinhas, use as Luvas de Jardinagem da Spontex para deixá-las ainda mais bonitas e suas mãos protegidas!

😉

Como passar uma camisa

Veja um passo a passo para deixar a peça impecável!

Você mudou agora, não tem a mamãe por perto e nem grana pra mandar à lavanderia. Então chegou a hora: é você, o ferro e a camisa. Mãos à obra!
  • Comece com uma camisa recém-lavada. Quando sua camisa já estiver lavada e seca, balance-a, arrume com suas mãos e pendure-a em um cabide. Abotoe o primeiro botão.
  • Deixe seu ferro de passar atingir a temperatura apropriada. Uma camisa passada perfeitamente precisa de uma temperatura menos quente do que a temperatura para passar tecidos de algodão. Tenha cuidado para não queimar a camisa. Veja as orientações do fabricante.
  • Borrife levemente a camisa, ainda no cabide, com água e então remova a camisa do cabide. Desabotoe o primeiro botão.
  • Deite o colarinho aberto na tábua e passe. Passe dos pontos internos do colarinho, até a parte de trás do pescoço. Também passe a parte inferior do colarinho.
  • Passe os ombros e as decorações da camisa, se houver. Posicione sua tábua de passar dentro da camisa e da manga. Se sua tábua de passar não tiver uma pequena tábua para inserir as mangas, coloque a manga em cima da tábua, com ambos os lados juntos, e passe. Vire a camisa para passar do outro lado. Reposicione para o ombro oposto. Então, vire a camisa e passe o lado de trás dos ombros e das decorações.
  • Para uma camisa de manga longa, passe os punhos da camisa logo em seguida, de modo similar ao colarinho. Vire a camisa para passar do outro lado.
  • Deite uma manga na tábua de passar. Alinhe a manga seguindo a costura inferior como guia. Passe cuidadosamente, deixando ambas camadas do tecido lisas enquanto o ferro desliza pela superfície frontal da manga. Repita para a outra manga. Vire a camisa para passar o outro lado da manga.
  • Posicione o corpo da camisa no final quadrado da tábua de passar. Passe da costura inferior até o colarinho. Não deixe que amassos ou dobras fiquem passados no tecido. Vire a camisa para passar também o lado interno.
  • Mova a posição da camisa para o próximo lado, a metade das costas. Passe da costura até o colarinho.
  • Mova a posição da camisa para o próximo lado, a outra metade das costas. Passe como anteriormente.
  • Mova a posição da camisa para o último lado, a outra metade da frente. Passe como anteriormente.
  • Retorne a camisa já passada ao cabide, abotoando o primeiro e o terceiro botão.

Vale lembrar também:

  • Camisas de algodão precisam de mais pressão e de uma temperatura mais quente no ferro;
  • Para saber se o ferro está quente, coloque seus dedos na água, e deixe pingar no ferro. Se a água instantaneamente evaporar e sair da base do ferro, você sabe que ele está quente e pronto;
  • Você pode querer passar tanto a parte de trás quanto da frente da camisa, assim como ao avesso. Isto deixa a camisa mais apresentável, com uma aparência mais suave, e com menos amassos. Comece a passar a parte de baixo, ou ao avesso, para eliminar amassos quando for passar pelo lado de fora.

Fantasias de Carnaval para as crianças

Veja algumas ideias simples e baratas que você mesma pode fazer em casa!

Deixou pra última hora e ficou caro pra comprar fantasias?

Veja algumas ideias simples pra garantir um look bem bacana pra criançada curtir o carnaval.

Fantasia de índio:  Você vai precisar de pistola de cola quente, sunga ou cueca da criança, muitas penas coloridas, um cordão, uma tiara grossa.

Coloque as penas coloridas por todos os acessórios com a cola quente, até formar a saia e um cocar de índio. A corda é para um detalhe, que também pode ser enfeitado com as penas. Use tinha guache para marcar o rosto do seu pequeno.

1s

Fantasia de super-herói: Você vai precisar de uma pistola de cola quente, camiseta de mangs curta de um adulto na cor do super-herói, velcro, tesoura, botões variados e glitter.

Corte a camiseta. Primeiro as mangas, que servirão pra fazer o bracelete. Depois corte as costas, deixando a gola sem cortar. Agora sim corte a gola pela metade e cole os velcros. Enfeite a capa e os braceletes como preferir.

2s

Fantasia de Fada: Você vai precisar de uma collet ou um maiô liso, um elástico para a cintura, tule ou fitas, elástico fino para amarração, cartolina, fita adesiva, glitter, palito de churrasco.

Você vai costurar o tule no elástico, ou se for mais fácil amarrar vários pedaços de fita até formar uma saia. Desenhe as asas e enfeite com o glitter, use um elástico fino para prender nas costas da sua filha. Faça mais um desenho em forma de estrela com a cartolina e prenda com fita adesiva no palito de churrasco para fazer a varinha.

3s

Imagens: Pinterest

Brincadeiras para as férias

Veja com entreter a criançada o tempo que eles ficam em casa.

Estamos em janeiro, portanto, ainda vão alguns dias com a casa povoada por quem mais amamos: as crianças. Selecionamos algumas ideias para mantê-las entretidas, e o melhor de tudo, com segurança. Leia mais

Decoração da casa para o Réveillon

Veja como animar a sua noite de Ano Novo com uma decoração simples.

O Réveillon é sinônimo de festa e, por isso mesmo, a decoração da casa tem que se inspirar nesse ambiente de alegria. Quer planeje organizar um pequeno jantar ou uma festa de arromba para brindar a chegada do novo ano, inspire-se nestas ideias de decoração bem festivas: Leia mais