Decifrando etiquetas das roupas

Na hora de lavar e passar como fazer, não é mesmo?

Que jogue a primeira a pedra aquele que nunca ficou sem entender um símbolo na etiqueta da roupa novinha que você comprou, não é mesmo? Na verdade quase ninguém tem muita certeza do que está desenhado ali.

A leitura correta da etiqueta é fundamental, pois os símbolos que indicam como o produto deve ser manipulado para limpeza e conservação.

Separamos uma lista completa para acabar com as suas dúvidas, olha só:

Lavagem

  • Tina com um traço embaixo: você pode lavar a peça à máquina, porém utilizando apenas ciclos delicados.
  • Tina com dois traços embaixo: a peça pode ser lavada à máquina, em ciclo delicado, mas não pode ser torcida.
  • Tina com o numeral 50: indica que a máxima temperatura de lavagem daquele tecido é de 50°C.
  • Tina com o numeral 60: indica que a máxima temperatura de lavagem daquele tecido é de 60°C.
  • Tina com o numeral 60 e um traço embaixo: indica que a temperatura de lavagem daquele tecido é de 60°C e que ele pode ser lavado à máquina, porém utilizando apenas ciclos delicados.
  • Tina com o numeral 50 e dois traços embaixo: indica que a temperatura de lavagem daquele tecido é de 50°C e que ele pode ser lavado à máquina, em ciclos delicados, porém não pode ser torcido.
  • Tina com a mão dentro: lavagem somente à mão. Isso quer dizer que você terá um pouco mais de trabalho, mas a sua roupa não se estragará.
  • Tina com um X: não lavar ou não molhar.

 

Uso de alvejantes

  • Triangulo vazio: você pode utilizar qualquer tipo de alvejante para branquear ou tirar manchas do tecido sem danificá-lo.
  • Triângulo CL: alvejantes com cloro não danificam o tecido, porém eles devem ser diluídos em água fria.
  • Triângulo com X: não utilizar alvejantes.

 

Como passar as suas roupas

  • Ferro sem bolinhas: você pode passar a peça a ferro normalmente.
  • Ferro com uma bolinha: passe a roupa a ferro em uma temperatura máxima de 110°C.
  • Ferro com duas bolinhas: passe a roupa a ferro em uma temperatura máxima de 150°C.
  • Ferro com três bolinhas: passe a roupa a ferro em uma temperatura máxima de 200°C.
  • Ferro com um X: não passar a ferro.

 

Limpar a seco na lavanderia

  • Círculo com A dentro: a limpeza pode ser feita a seco com qualquer solvente.
  • Círculo com P dentro: a limpeza pode ser feita a seco em tetracloroetileno com solventes específicos listados para o símbolo F, em um processo normal.
  • Círculo com P dentro e um traço embaixo: a limpeza pode ser feita a seco em tetracloroetileno com solventes específicos listados para o símbolo F em um processo suave.
  • Círculo com F dentro: limpeza a seco com hidrocarboneto em processo normal.
  • Círculo com F dentro e um traço embaixo: limpeza a seco com hidrocarboneto em processo suave.
  • Círculo com X: não limpar a peça a seco.

 

Secar a peça naturalmente

  • Quadrado com meia lua: secar as roupas em um varal, na vertical, utilizando um cabide, aproveitando o calor do dia ou da noite.
  • Quadrado com três riscos na vertical: secagem por gotejamento.
  • Quadrado com um risco na horizontal: secagem na horizontal, com a peça estendida.

 

Secar a roupa em tambor rotativo

  • Quadrado com um círculo dentro e uma bolinha: secar a peça em secador rotativo e em baixa temperatura.
  • Quadrado com um círculo dentro e duas bolinhas: secar a peça em secador rotativo e em alta temperatura.
  • Quadrado com um círculo dentro e um X: não secar em tambor rotativo.

Fonte: Tudo Extra

7 dicas para dormir bem

Dormir bem é essencial para ter um dia a dia mais saudável

Nada melhor que chegar em casa depois de um longo dia, dormir profundamente e acordar renovado no dia seguinte.

Mas o sono não assume apenas esse papel revigorante: ele tem diversas outras funções essenciais para o nosso organismo. Cada um tem o seu tempo de sono, e isso deve ser respeitado.

O sono de qualidade ruim desorganiza o metabolismo e prejudica a síntese de alguns hormônios, favorecendo diversas doenças, como obesidade e depressão.

Lá vão algumas dicas para dormir bem:

  1. Deite e levante nos mesmos horários todos os dias. Isso ajuda o organismo ganhar uma rotina;
  2. Vá para cama somente na hora de dormir;
  3. Escolha um ambiente favorável para o sono;
  4. Não consuma álcool e cigarro perto do horário de deitar;
  5. Não faça uso de medicamentos para dormir sem prescrição médica;
  6. Olho na dieta, não exagere no café, chá e refrigerante. E evite alimentos pesados à noite também;
  7. Faça uma atividade física e de preferência não muito perto da hora de dormir.

7 dicas para usar o sal na limpeza doméstica

Você nem imagina o quanto vai te ajudar!

Em relação à alimentação, o sal deve ser consumido com moderação, mas para limpeza, pode ser usado largamente, principalmente o sal grosso.

Por incrível que pareça, o uso do sal na limpeza doméstica é uma prática sustentável, barata e eficiente. Dê uma olhada nas dicas:

  1. Para deixar um metal brilhando: Utilize partes iguais de sal, farinha de trigo e vinagre. Depois, misture os três ingredientes e aplique sobre o metal;
  2. Nas panelas gordurosas: Adicione um pouco de sal e depois use um pedaço de papel para limpar. Após isso, siga com a lavagem normal;
  3. Quando quiser eliminar o cheiro de comida do forno: Prepare uma mistura com sal e canela. Com o forno quente, borrife a mistura na parte de cima e de baixo deste. Espere o forno esfriar e tire as manchas com um Pano Resist úmido;
  4. Para tratar as manchas de mofo em tecidos: Faça uma pasta de partes iguais de sal e suco de limão. Aplique a pasta sobre a mancha, e depois deixe o tecido secar sob o sol. Em seguida, siga com a lavagem normal;
  5. Lençóis amarelados ou desbotados: Seus lençóis amarelados ou desbotados podem voltar a ser branquinhos. Para tanto, adicione a uma panela grande 5 colheres de sopa de sal e uma de bicarbonato de sódio. Coloque os lençóis dentro da panela e deixe ferver por 14 a 30 minutos. Depois tire os lençóis e os lave com água fria;
  6. Calçados com mau cheiro: Insira um pouco de sal nos calçados com mau cheiro para eliminar o odor. Para eliminar o cheiro das mãos, após lavar com água e sabão, você também pode esfregar os dedos com uma combinação de sal e vinagre;
  7. Dar brilho às torneiras cromadas: Misture duas colheres de sopa de sal com uma colher de chá de vinagre e use para dar brilho às torneiras cromadas.

Ahhh, e não se esqueça de sempre usar luvas para proteger suas mãos na hora da limpeza, certo?

Conheça a nossa linha de luvas domésticas aqui!

Pia da cozinha nos trinques!

Deixando tudo limpinho e conservado.

A cozinha é o coração da casa, e a pia é onde tudo começa a acontecer. Ou seja, ela precisa estar em ordem!

É necessário um cuidado especial de limpeza e higiene, afinal, é nela que lavamos as louças e iniciamos o preparo das refeições. Por ser tão utilizada, a pia pode acumular sujeiras, germes e bactérias que colocam em risco nossa saúde e nosso bem-estar.

Com algumas medidas simples e eficazes, é perfeitamente possível manter a pia limpa e livre desses problemas, veja como!

  • Após lavar as louças ou cortar alimentos sobre ela, retire qualquer objeto ou resto de comida que tenha caído dentro da cuba ou esteja a seu redor. Isso é essencial para uma higienização completa e impecável. Certifique-se também de que não haja nenhum resíduo obstruindo o ralo.
  • Na hora da limpeza, use uma esponja macia, como a Esponja Suave da Spontex, para limpar os cantinhos. Esfregue bem cada parte, a começar pelas emendas e pelos recortes. As torneiras, a cuba, o ralo e as laterais merecem toda sua atenção.
  • Para uma limpeza perfeita, conte com um bom detergente e também um desengordurante. Esses produtos ajudam a remover a sujeira e a gordura impregnadas na pia da cozinha, além de auxiliarem na retirada do limo. Dê preferência a produtos de limpeza de alta performance, de preferência com bom preço e baixo impacto ambiental.
  • Não deixe acumular água na pia, tenha sempre um rodinho, para quando acabar de lavar louça puxar a água. E use também o PaneSponja da Spontex, que absorve com eficiência todas as poças que cismam em ficar na pia.

7 maneiras de usar a borra de café

O gosto é maravilhoso! E o cheiro então? Até a borra tem seus benefícios! Confira!

O cafezinho é unanimidade entre os brasileiros, mas além de ser uma delícia, pode ajudar no dia a dia da casa. E a borra? É um desperdício jogá-la fora, porque que ela tem utilidades de sobra. Veja alguns exemplos:

  • A borra é um poderoso removedor de mau cheiro dos ambientes. Seque a borra do café ao sol por um dia, coloque no vaso e deixe no local onde está o odor. Ele vai sumir em poucas horas.
  • A borra também retira o cheiro de cebola e de alho das mãos, é só esfregar. No jardim ela funciona como um adubo e um repelente natural, afasta formigas, lesmas e outras pragas.
  • Você pode ainda utilizar o pó como corante para tingir papel e tecidos. É só colocar a borra em um vaso com água bem quente e deixar por 10 minutos.
  • Para deixar a pele mais bonita, use a borra como esfoliante. O café é rico em vitamina B e tem cálcio e potássio, que acalmam a pele fechando os poros.
  • Um excelente aliado no combate à celulite. Você deve misturar a borra utilizada do café com óleo de vitamina E, massageando a área do corpo onde a celulite se encontra localizada. Tenha em atenção que o processo deve ser repetido duas ou três vezes antes de enxaguar o corpo com água.
  • Como repelente para as pulgas dos animais de estimação. Então, antes de dar banho no seu animal de estimação, esfregue-o com a borra que foi utilizada para fazer o café. Ao fazê-lo, estará impedindo o aparecimento de pulgas e zelando pela saúde do seu animal.
  • A borra de café é muito usada na preparação e composição de um fertilizante orgânico, uma vez que as suas propriedades principais são ricas em nitrogênio e em vários nutrientes. Para ter essa função de fertilizante, é necessário misturá-la com um adubo orgânico e deixá-la fermentando durante alguns dias.

Viu quanta coisa dá pra fazer quando a gente reaproveita?

Tarefas de casa para as crianças

Como os pequenos podem ajudar em casa de acordo com a idade

As crianças podem colaborar nas tarefas de casa desde sempre! No entanto, as tarefas precisam ser compatíveis com as idades delas.

É possível que sua ajuda seja mais uma intenção a fim de incentivar meninas e meninos a cuidarem das tarefas de casa. Lembre-se que você deve valorizar o esforço e ensiná-los a fazer melhor na próxima vez.

Crianças de 4 ou 5 anos:

– Recolher os brinquedos do seu quarto e colocá-lo no seu baú de forma simples e divertida.

– Ajudar a separar as meias.

– Dar de comer ao animal de estimação.

– Regar as plantas.

– Retirar o seu prato da mesa e deixá-lo na pia.
Crianças de 6 ou 7 anos:

– Ajudar a colocar e a tirar a mesa. Ajudar na cozinha com tarefas fáceis (sempre supervisionado dos pais).

– Ajudar a fazer sua cama e a arrumar seu quarto.

– Ajuda a dobrar as toalhas.

– Varrer.

– Ajudar na compra doméstica e colocar as coisas no seu devido lugar.
Crianças de 8 a 10 anos:

– Lavar os pratos e enxugar os pratos

– Trocar os lençóis e fazer sua cama sozinha.

– Limpar (varrer, tirar o pó, manter o quarto arrumado etc.).
Crianças de 10 a 12 anos:

– Colocar a roupa ou pratos na lavadora.

– Realizar pratos simples na cozinha com a supervisão de um adulto.

– Limpar sem supervisão.

– Tirar o lixo.

Casa mais segura para seu pet

Veja 6 dicas para te ajudar a manter a sua casa mais segura para o seu bichinho

O que faz do nosso lar um lugar seguro? E o que faz do nosso lar um lugar seguro para os nossos pets? Será que é preciso realmente mudar alguma coisa em casa quando se tem um bichinho?

A resposta é: SIM! Os bichinhos são como crianças e não têm noção dos perigos a que se expõem em determinados momentos. Nunca imaginamos que objetos e situações inocentes podem levá-los a se machucar, mas às vezes isso acontece.

Veja a lista para te ajudar nesta etapa:

  1. Retire do alcance pequenos objetos que podem ser ingeridos: Principalmente os cachorros filhotes que adoram roer alguma coisa! E isso pode causar sérios acidentes, até mesmo obstruir o estômago ou intestino e, na maioria desses casos, só a cirurgia pode retirar esses objetos. Fique atenta a brinquedos pequenos, como peças de Lego ou pedaços que se quebraram, pedras pequenas, gravetos, caroços de frutas etc.
  2. Não permita que brinquem na piscina sozinho: Existe uma lenda por aí que bichos já sabem nadar por natureza, mas nem todos têm o biotipo para isso. Então, caso tenha uma piscina, não permita que seu pet tenha acesso sem supervisão.
  3. Armazene bem produtos que podem levar à intoxicação: Diversos são os lugares que eles escolhem para brincar e alguns deles escodem, ou melhor, guardam, produtos que podem levá-los à intoxicação. Guarde os produtos de limpeza em armários ou locais onde os cães não tenham acesso. O mesmo vale para os medicamentos.
  4. Mantenha sempre o portão fechado e com telas: Pode parecer besteira, mas não é. Para os gatinhos então, que adoram liberdade, é um prato cheio. Por isso, sempre que entrar ou sair, verifique a tranca do portão para evitar que seu peludo fuja e se perca ou seja atropelado nas ruas.
  5. Guarde suas sacolas plásticas e evite o sufocamento acidental: Quando fazemos compra, sempre tem um ‘’ser humaninho’’ que gosta de inspecionar para ver se não esqueceram de comprar o petisco deles. Mas essas sacolas de mercado são muito perigosas! Não deixe que isso aconteça, pois elas podem causar sufocamento.

Evitando a bagunça

Veja como alguns móveis deixam a casa sempre arrumadinha

Para não ter aquele trabalhão no dia da faxina, a escolha dos móveis pode ser a chave para ajudar na organização.

Lá vão algumas dicas:

  • Quarto: O ideal é que o quarto tenha muitos lugares para guardar as coisas, deixando somente o essencial à vista. Armários grandes, cômodas, baús ou camas box são medidas que deixam o espaço mais livre.
  • Sala: Móveis práticos, como aparadores, prateleiras, estantes e pufes. Se gostar de baús, use-os aqui também, guarde todas as revistas, livros e papéis que poderiam ficar espalhados.
  • Cozinha: Normalmente é o lugar que possui menos armários e por isso tende a se desorganizar com maior facilidade. A solução pode ser investir em móveis com espaço interno otimizado e apostar nas cestas e dispensas. Quanto menos objetos aparentes, maior a sensação de limpeza.
  • Banheiro: Um armário pode ser o suficiente para quem não costuma ter muitos objetos no banheiro. Se tiver muitos cremes e perfumes, coloque-os em uma prateleira. Toalhas podem ficar penduradas no toalheiro e, para quem faz uso de secador e chapinha, pode usar uma dica que já demos na página. Olha que legal:
Facebook Spontex Brasil

Facebook Spontex Brasil

Você irá precisar de um cano de PVC de duas saídas. Pinte com tinta acrílica da sua preferência e coloque em cima do armário organizador. (Fonte: Pinterest)

5 dicas para o folião

Cuidados que todos devem ter nos dias de Carnaval

O Carnaval é uma época de muita alegria e descontração. Todos querem aproveitar ao máximo.

Apesar da animação da galera, essa é uma época em que os cuidados não podem ser esquecidos. Veja algumas dicas:

  1. Se beber, não dirija: É uma lei conhecida por todos, mas no período de Carnaval o índice de embriaguez aumenta muito. A dica é simples e pode salvar muitas vidas: use táxi, Uber, Cabify e outros aplicativos que ajudam a se locomover. Ou o bom e velho ônibus e metrô. Assim todos vão e voltam em segurança!
  2. Hidrate-se: É verão no Brasil, ou seja, calor quase garantido. Com as festas as pessoas deixam a água de lado, mas nessa época de calor e com o abuso de bebidas alcoólicas, a água é imprescindível, pois o álcool desidrata mais rápido ainda o corpo.
  3. Alimente-se: A curtição é boa e a alimentação só vem quando a fome já está falando alto. Dê preferência para alimentos saudáveis, integrais, vegetais e frutas. Eles são leves e ricos em nutrientes e sustentam bem durante o dia de festa.
  4. Sexo seguro: Em meio à empolgação as pessoas acabam não dando importância para o uso do preservativo, e isso pode causar uma série de DSTs ou uma gravidez indesejada. Portanto, use camisinha!
  5. Protetor Solar: como já citamos, o verão está no auge e todo cuidado com a pele é pouco. O uso regular do bloqueador é mais que necessário. Cuidado com as queimaduras e a insolação!

Cuide da sua saúde e evite que a folia termine antes do tempo! Bom Carnaval! 😀

3 dicas para deixar a cozinha nos trinques!

O coração da casa precisa estar funcionando perfeitamente bem!

Organizar a cozinha é uma tarefa um pouco desgastante, mas muito compensadora. Sabe aquela sensação de alívio depois da limpeza?

Cada casa tem uma personalidade e uma rotina, mas separamos alguns passos que funcionam:

  • Primeiro passo: Tire tudo de dentro dos armários, das prateleiras e da bancada. Depois, faça aquela limpeza usando a nossa Esponja Suave com um pouco de detergente neutro;
  • Segundo passo: Coloque novamente nos armários somente o que você usa com frequência. O segredo de uma cozinha funcional é a praticidade. Tenha somente aquilo que você usa e mais nada. Os excessos, como aquelas maquininhas que fazem coisas bem específicas que usamos esporadicamente, devem ser guardados em caixas organizadoras. Tenha a sua vista somente o que usa diariamente para manter tudo sempre no lugar;
  • Terceiro passo: Setorize tudo e deixe todos os objetos das mesmas famílias juntos em um único local. Criar setores para cada objeto facilita na hora da busca, ainda mais se tudo estiver etiquetado. Deixe sempre os objetos usados diariamente em fácil acesso, em altura compatível e com bastante acessibilidade.