Sintomas do câncer de próstata

Veja quais são as principais maneiras de identificar a doença.

O Novembro Azul tem o mesmo objetivo do Outubro Rosa: levar a discussão para o dia a dia e aumentar o conhecimento sobre o assunto.

Este mês é dedicado para conscientização sobre o câncer de próstata, que conta com a estimativa de que, em 2016, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer, teriam sido diagnosticados 61 mil novos casos no país.

Se o homem tem o hábito do check-up anual, com certeza saberá se tem algo diferente no corpo., mas o diagnóstico da doença é feito através do exame de sangue de PSA e do toque retal, solicitados pelo urologista.

Mas a doença também pode ser percebida com alguns sintomas, veja:

– Dificuldade para urinar;

– Urinar frequentemente;

– Dores na lombar, na região das costas, e até coxas e quadris;

– Sensação de que você acabou de urinar e parece que ainda tem xixi na bexiga;

– Resíduos de sangue na cueca e no xixi;

– Dor ao ejacular.

Geralmente, o tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, dependendo do estágio da doença. Procure um médico caso sinta algum desses sintomas ou algo que não é o de costume no seu corpo.

Fonte: Tua Saúde/ Blasting News Br/ Hospital de Câncer de Barretos/ / Uol

 

Como guardar alimentos na geladeira

Veja algumas dicas para fazer com que os alimentos durem muito mais

Dentro do refrigerador, qual é o real sentido de colocar os legumes no gavetão? Manter a cozinha organizada e colocar cada alimento no lugar correto faz bem para a saúde e também ajuda no bolso.

Como o eletrodoméstico possui zonas diferentes de temperatura, certos alimentos ficam melhor armazenados em determinados espaços. É importante ressaltar que não existe nenhuma proibição de algumas comidas não ficarem em determinado compartimento. O que existe é uma recomendação. Sendo assim, vamos abrir a geladeira e verificar quais alimentos devem ficar em cada compartimento:

  • Porta: Por conta do “abre-fecha”, essa região é onde ocorre a maior variação de temperatura. O recomendado é colocar alimentos que não serão prejudicados pela mudança, como sucos, água, molhos, condimentos e conservas.
  • Primeira prateleira: Como essa é a região mais refrigerada, o ideal é colocar nela alimentos que são mais perecíveis, como iogurtes, sobremesas, frios e requeijão. Ou comidas já prontas, como uma torta ou um arroz, sempre em um recipiente de vidro ou de plástico e nunca dentro da própria panela.
  • Prateleiras seguintes: Nas prateleiras seguintes, vale colocar outros alimentos, dentre eles os crus, como carnes, aves e pescados. Para evitar a contaminação cruzada, não devemos colocar os alimentos crus junto com os cozidos, já que o cru pode passar alguma bactéria para os cozidos. Fora o problema de odor, já que o cheiro da comida também acaba se misturando.
  • Gavetão: A parte mais baixa do refrigerador é a região menos fria e, por isso, a mais indicado para armazenar frutas, verduras e legumes. Esses alimentos devem ser guardados dentro de sacos plásticos transparentes e nunca dentro da embalagem de origem. A embalagem do supermercado traz contaminação para o ambiente da geladeira. Fora que ao colocar em uma embalagem apropriada a durabilidade do produto também aumenta.

Outra dica de organização para manter a geladeira em dia é, ao chegar do supermercado, lavar todas as embalagens antes de guardá-las. Para não contaminar a geladeira, o ideal é higienizar com um Pano Resist da Spontex umedecido com água e álcool as latinhas e embalagens antes de armazená-las.

Fonte: UOL

5 dicas para o folião

Cuidados que todos devem ter nos dias de Carnaval

O Carnaval é uma época de muita alegria e descontração. Todos querem aproveitar ao máximo.

Apesar da animação da galera, essa é uma época em que os cuidados não podem ser esquecidos. Veja algumas dicas:

  1. Se beber, não dirija: É uma lei conhecida por todos, mas no período de Carnaval o índice de embriaguez aumenta muito. A dica é simples e pode salvar muitas vidas: use táxi, Uber, Cabify e outros aplicativos que ajudam a se locomover. Ou o bom e velho ônibus e metrô. Assim todos vão e voltam em segurança!
  2. Hidrate-se: É verão no Brasil, ou seja, calor quase garantido. Com as festas as pessoas deixam a água de lado, mas nessa época de calor e com o abuso de bebidas alcoólicas, a água é imprescindível, pois o álcool desidrata mais rápido ainda o corpo.
  3. Alimente-se: A curtição é boa e a alimentação só vem quando a fome já está falando alto. Dê preferência para alimentos saudáveis, integrais, vegetais e frutas. Eles são leves e ricos em nutrientes e sustentam bem durante o dia de festa.
  4. Sexo seguro: Em meio à empolgação as pessoas acabam não dando importância para o uso do preservativo, e isso pode causar uma série de DSTs ou uma gravidez indesejada. Portanto, use camisinha!
  5. Protetor Solar: como já citamos, o verão está no auge e todo cuidado com a pele é pouco. O uso regular do bloqueador é mais que necessário. Cuidado com as queimaduras e a insolação!

Cuide da sua saúde e evite que a folia termine antes do tempo! Bom Carnaval! 😀

Como tingir cabelo em casa

Faça da sua casa um salão

Se você está sem tempo ou sem dinheiro e quer tingir o cabelo em casa, apresentamos agora ótimas dicas de como pintar o cabelo sozinha.

Tudo o que você precisa é de um pouco de paciência e vontade. Confira:

  • Teste de sensibilidade: Aplique uma pequena quantidade do tonalizante ou da coloração, já preparados, atrás da orelha, na nuca ou na parte interna do antebraço. Aguarde 48 horas e observe se houve alguma irritação ou coceira. Se não tiver reação, pode continuar.
  • Preparação: Fique pelo menos 24 horas sem lavar o cabelo antes de tingir – sim, a oleosidade natural protege o couro cabeludo da química. Essa regra vale somente para as colorações, pois os tonalizantes têm melhor fixação com o cabelo limpo.
  • Sem manchas: Antes de aplicar a tinta, proteja a área em volta do cabelo. Pode ser com vaselina, creme de barbear ou na tintura mesmo já vem um produto específico para isso. Passe na testa, lateral do rosto e nuca para não manchar nadinha.
  • Divida o cabelo: De preferência em quatro partes com uma risca da testa até a nuca e outra de uma orelha a outra. Assim, o resultado fica mais uniforme.
  • Mãos à obra: Você pode optar por usar as Luvas Antiderrapantes ou as Luvas Finas Multiuso da Spontex para não ter contato algum com a pele. Com o auxílio de um pincel de cerdas curtas, comece aplicando o produto na nuca, depois nas laterais e por fim no topo, e distribua a tinta por toda a raiz, indo primeiro para as laterais e topo da cabeça.
  • Finalização: Quando faltar 15 minutos para retirar o produto, aplique o restante da tintura no comprimento e nas pontas. Antes de enxaguar, misture um pouco de água fria e massageie como se estivesse passando xampu. Esse truque ajuda a dar mais brilho. Depois lave e seque normalmente.

Cuidados com pisos de madeira

Queridinho nas casas brasileiras, eles precisam de uma atenção para se manter sempre lindos

Apesar de lindo, o piso de madeira é um dos mais sensíveis e pode sofrer com alterações climáticas. Na hora de escolher, prefira cores escuras e um tipo mais resistente como, por exemplo, a peroba.

Bem, agora pensando em limpar e cuidar do piso, antes é preciso identificar o tipo de madeira, que pode ser natural ou laminada. Se a madeira é natural, o cuidado deve ser redobrado e não dá para passar produtos como álcool, querosene e outros solventes, inclusive a água, que pode remover os rejuntes e estragar o piso. Para limpar, basta um pano seco ou um aspirador de pó.

No caso dos pisos laminados, um pano úmido é o suficiente. Não é recomendado passar produtos com silicone, cera ou saponáceos. A vantagem é não precisar se preocupar com cupins, pois eles são fabricados com resinas sob altas temperaturas.

E quando o piso não tem mais jeito e pede revitalização, é fundamental buscar auxílio profissional. O piso deve ser lixado e aí vem a aplicação da seladora e do verniz. E se o problema for infestação de cupins, o sinteco é uma boa alternativa, mas o melhor é consultar quem entende do assunto. Em algumas situações, é necessário até substituir parte do piso.

 

Cuidados com o rosto

Sabia que cuidar da pele quando você não está usando maquiagem é extremamente importante até mesmo para ajudar no acabamento da make?

A rotina é obrigatória em nome da saúde e da beleza. O uso dos produtos certos para limpar o rosto ao chegar em casa ou antes de dormir é também essencial para conseguir um belo resultado diante do espelho.

Para funcionar na pele, a maquiagem entra nos poros e não retirá-la adequadamente provoca obstrução, levando à formação de acne, foliculite e outras inflamações na pele.

Confira um passo a passo para limpar a pele e retirar a maquiagem:

1 – Demaquilante: Você molha o demaquilante bifásico em uma Esponja Facial Calypso, passando-a suavemente para eliminar os resíduos da área dos olhos (delineador, rímel e sombra). Depois, use um demaquilante ou água micelar para as outras áreas do rosto.

2 – Lavar o rosto: Para retirar o restante da maquiagem lave o rosto com um sabonete especial para o tipo de pele. Esse produto, além de tirar a make, vai limpar toda a poluição acumulada durante o dia. Não esqueça: lave o rosto sempre com água fria, porque a água quente desidrata a pele e a deixa oleosa ao mesmo tempo.

3 – Tonificar a pele: Para quem tem acne ou pele mais oleosa, um adstringente indicado para o tipo de rosto vai retirar as impurezas que ainda podem ter ficado mesmo depois de lavar. Caso seja necessário, uma loção secativa para a zona T do rosto também é uma boa opção. É importante que a pele esteja totalmente limpa antes de utilizar o produto.

4 – Hidratar: Usar um produto específico para cada pele é indispensável. Este também é o momento indicado caso você esteja fazendo algum outro tipo de tratamento, como creme para a área dos olhos, um produto rejuvenescedor ou algum tipo de ácido.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional de São Paulo.

Jardim em apartamento

Dicas para criar seu próprio jardim em casa

Seu sonho era uma casa com um gramado bem verde, flores, hortinha… Mas essa não é a sua realidade?

Vamos dar sugestões de como usar varandas para ter a companhia de flores e plantas, que alegram o ambiente e o deixam ainda mais bonito!

Para ter um jardim modesto, basta escolher a planta que lhe agrada, adequada às condições de luz e ventilação do espaço, improvisar um vaso interessante, reunindo-as num mesmo espaço.

No caso você terá duas opções:

  • Vasos: São ótimas opções de flores orquídeas e hortênsias. E também folhagens de pequeno porte, pois são ótimas em pequenos espaços, além de criarem um jogo de cores, formatos e texturas. Neste caso, até a janela da cozinha pode se tornar um jardim, recebendo vasinhos com ervas (hortelã, manjericão, salsinha, cebolinha), que terão ainda uma utilidade.
  • Jardim vertical: escolha uma parede com boa iluminação e ventilação e instale painéis de madeira, de fibras, treliça ou improvise apoios com materiais improvisados, como caixotes de madeira. Dessa forma, você já tem a estrutura do jardim vertical. Só é preciso avaliar bem a forma de drenagem da água ao regá-la. Neste caso, você pode escolher plantas um pouco maiores e que tenham caimento, como samambaias.

Para ambas as situações, vale a escolha de plantas de pouca manutenção, que não precisam de adubação e cuidados regulares para que não percam nutrientes e continuem sempre bonitas.

4 dicas para cuidar das sobrancelhas

Você pode não gostar, mas que faz uma grande diferença no rosto, isso faz!

Alguns cuidados com o corpo são fundamentais, não é mesmo? O rosto, por exemplo, sempre fica em evidência e por isso precisa ser muito bem tratado.

E um dos traços que mais realçam o olhar e evidenciam a beleza natural da mulher é a sobrancelha, que quando malfeita pode chamar a atenção e mudar até a expressão do rosto.

Veja quatro dicas essenciais:

  • Especialista: Procurar um profissional de estética especializado na área é o primeiro passo para as sobrancelhas perfeitas. Somente ele será capaz de corrigir falhas e tirar a sua sobrancelha sem ferir, moldando-a de acordo com seus traços, sem deixar ela artificial ou mal desenhada.
  • Método: Existem métodos diferentes para tirar as suas sobrancelhas como com a pinça, linha ou mesmo com a cera. Alguns profissionais têm o seu preferido, outros utilizam mais de um de acordo com cada cliente. A escolha deve ser como se sente mais confortável e, claro, com a orientação do profissional escolhido, ele saberá te indicar o melhor método para o seu caso.
  • Formato: Com a retirada constante dos pelos, as suas raízes começam a enfraquecer com o tempo. Por isso, é importante tirar apenas os excessos e sempre manter o contorno natural da sobrancelha. Desse modo, você também evitará surpresas e diferenças grandes, que talvez não agradem tanto quanto manter o formato que você já possui.
  • Pele: Não basta só tirar o excesso ou moldar as sobrancelhas, é necessário cuidar da pele do rosto também. Antes do procedimento, lave bem o rosto e a área com sabonete específico para a face. Os cuidados após o procedimento devem ser voltados para hidratar a pele a fim de evitar irritações.

Cuidados com as mãos

Saiba como deixá-las sempre impecáveis!

As mãos merecem cuidados que não se restringem apenas a uma pele bonita e unhas bem feitas. Assim como a pele do rosto, elas absorvem grande parte da radiação solar, pois estão expostas o tempo todo e em contato com vários produtos e situações diversas.

Ao longo dos anos, as mãos tendem a ficar com aspecto envelhecido, ocasionando manchas e sinais de perda de elasticidade. Isso acontece porque a pele é mais fina e possui pouca quantidade de glândulas sebáceas, fato que as torna mais sensíveis à desidratação e às mudanças de temperatura.

Pensando nisso, listamos dicas importantes para cuidar das mãos em todas as épocas do ano.

  • Hidratação: Para garantir a elasticidade da pele, as mãos devem estar sempre hidratadas. Opte por produtos que contenham ativos rejuvenescedores, como DMAE e vitamina C, que são antioxidantes e fortalecem as fibras de colágeno na pele. Produtos à base de silicone e óleos são ótimos para usar durante o dia. Para tirar os aspecto ressecado e áspero das mãos, opte por produtos com alantoína em suas fórmulas, que ajuda a suavizar a pele. E o ideal também é um produto com protetor solar, principalmente por conta do dorso das mãos.
  • Esfoliação: Se sentir suas mãos secas ou ásperas, faça uma esfoliação suave para remover a pele morta e amaciá-las. Os esfoliantes para o corpo são muito grossos para as mãos, então use um pouco de esfoliante para o rosto misturado com água quente e você terá uma pele supermacia. Ou faça um receitinha caseira: num recipiente, misture 2 colheres de sopa de açúcar refinado e 1 colher de sopa de azeite, após o banho, com a pele das mãos ainda molhada, aplique a pasta, fazendo movimentos circulares. Em seguida, enxague bem.
  • Unhas: Continuando o item anterior, depois de esfoliar as mãos para eliminar a pele morta, coloque um frasco de óleo para cutículas e unhasem um recipiente com água quente. Deixe-o lá por alguns minutos e depois massageie as unhas e cutículas com ele, deixando-as mais bonitas e firmes, porque mãos com cutículas rachadas e ressecadas são feias, desconfortáveis e até dolorosas.
  • Luvas: Produtos químicos podem causar irritações e alergias, a curto ou a longo prazo. Podem surgir vermelhidão, coceira, descamações e rachaduras nas mãos. Para evitar esses problemas, sempre que for fazer qualquer tarefa de casa ou que envolva limpeza, faça sempre com luvas. A Spontex conta com modelos de luvas de látex e nitrílica, veja toda a nossa linha de luvas domésticas e descartáveis.

Truques para fazer suas roupas durarem mais

Sendo aquelas peças queridinhas ou não vale a pena investir na duração delas.

Mudanças básicas no dia a dia, ou uma dica que você não conhecia, segue uma lista para fazer o seu guarda roupa durar muito mais.

E além de economizar, ajuda o meio ambiente!

– As malhas, tipo suéter deve ser pendurado corretamente, sem perder sua forma. Ou então ser guardado dobrado em prateleiras.

– Guardar a peça em sacos feitos de fronhas de travesseiro ajuda em sua conservação.

– O uso de cabides com madeira grossa ajuda na manutenção do formato dos ombros.

– Os suéteres que soltam pelinhos devem ser guardados em sacos plásticos ou em qualquer outro compartimento.

– A roupa deve ser lavada com o zíper fechado.

– Para não desbotar, o jeans ou qualquer outra roupa deve ser lavado do lado avesso.

– Uma pitadinha de sal na máquina de lavar evita o desbotamento das roupas

– Um marcador permanente ajuda a disfarçar as manchas em roupas pretas.

– Congelar meias calças evita que estas se desfiem, ou pulverizá-las com spray de cabelo também funciona.

– Esmalte evita que os botões se soltem.

– Amaciantes não devem ser utilizados em roupas de tecidos leves

– Pendurar as roupas no varal evita os danos causados pela secadora.

– Roupas mais delicadas devem ser lavadas, se possível, dentro de uma fronha. Por exemplo, lingerie.

– Na hora de lavar, separe as roupas por cor e tipo. Faça montes de itens brancos, cores claras, coloridos, escuros, pretos, cama e banho, mesa, jeans e delicados.