Teste – Que tipo de sogra você tem?

Comemorando o dia da sogra vamos descobrir qual é o tipo que a sua faz? Prontos?

1)         Você convida a sogra para jantar na sua casa. No final…Ela elogia tudo e não se cansa de agradecer o convite.
  • A) Ela elogia tudo e não se cansa de agradecer o convite.
  • B) Ela pergunta se foi você que fez o jantar, um pouco duvidando.
  • C) Ela coloca defeito em tudo.

 

2)         Com que frequência vocês almoçam na casa da sua sogra?
  • A) Todo fim de semana.
  • B) Em datas especiais.
  • C) Raramente, só quando é estritamente necessário.

 

3)         Vocês planejam uma viagem de carro. O que a sua sogra faz?
  • A) Apoia a ideia e dá sugestões de roteiros.
  • B) Como quem não quer nada, lembra que também estará de férias no período.
  • C) Pergunta se vocês não estão gastando demais com besteira.

 

4)         Você compra uma roupa para o seu par, que não gosta. Que tipo de comentário a sua sogra faz?
  • A) Um elogio: vai dizer que seu par deve repensar as próprias preferências, pois você tem bom gosto.
  • B) Uma observação: ela vai se colocar à disposição para fazer alguns ajustes.
  • C) Uma crítica: provavelmente ela vai reforçar a opinião de seu par.

 

5)         Quando acontece um desentendimento entre o casal, sua sogra…
  • A) Chora e liga para você no dia seguinte para dar conselhos e pedir paciência com seu filho.
  • B) Sugere que vocês se acalmem e converse depois com a cabeça fria.
  • C) Diz abertamente que já sabia que a relação de vocês não ia dar certo.

 

Resultado

Maioria A: Segunda mãe.

Se bobear ela gosta mais de você do que do próprio filho. Te mima e faz você se sentir sempre à vontade e, claro, tem sua confiança total. Uma ótima relação para todos!

Maioria B: Amiga, pero no mucho.

Vocês se dão bem, gostam de passar um tempo juntas, mas enfrentam aquela barreirinha da atenção. Afinal, o bebê dela está dividindo atenção que antes era somente dela com outra pessoa. Nada melhor que saber dosar o tempo, para todos ficarem felizes.

Maioria C: Possessiva e nada parceira

O problema não é você, e sim ela amar demais o filho. Ela morre de ciúmes, e não gosta de dividir atenção dos filho com ninguém. Vale dar uma atenção especial para ela e ir aos poucos virando esse jogo.

 

Músicas para Festa Junina

Saiba quais não podem faltar na playlist do seu arraial!

Festa Junina boa tem que ter três combinações imbatíveis: comida boa, decoração temática e música animada.

Já demos algumas dicas de quitutes em nossa página no Facebook e aqui no blog, e já falamos da decoração também… Mas e as músicas?

Separamos algumas que deixam qualquer arraial animado! (um spoiler básico: tem várias de Luiz Gonzaga e Dominguinhos!)

É só clicar em cima da música!

  1. Festa na Roça
  2. Quadrilha Brasileira
  3. Olha pro Céu
  4. O Sanfoneiro só Tocava Isso
  5. Asa Branca
  6. Isto é lá com Santo Antônio
  7. Pula fogueira / Cai, cai balão / Capelinha de melão
  8. O Xote das Meninas
  9. Sonho de papel/Festa de São João
  10. Antônio, Pedro e João
  11. Eu só quero um xodó
  12. Frevo Mulher
  13. Isso aqui tá muito bom
  14. Petrolina-Juazeiro
  15. Pedras que cantam 
  16. Fogaréu
  17. Esperando na Janela
  18. Abri a porta 
  19. Lamento Sertanejo 
  20. De volta pro meu aconchego 
  21. Rosa dos Ventos 
  22. Espumas ao vento
  23. Xote dos Milagres
  24. Oh Chuva/ Medo do Escuro
  25. Colo de Menina 
  26. Nosso xote 

Caso você ache mais fácil temos também uma playlist disponível no Youtube, com todas essas músicas seguidinhas. É só dar o play e começar o arraial! :)

Teste – Que tipo de mãe você é?

Você que é mãe e vai comemorar essa data tão especial com a família, sabe em que perfil se encaixa?

Vem brincar com a gente e descubra!

1) Seus filhos estão se expondo demais na internet. O que você faz?

A – Coloca filtros e senhas no computador.

B – Fala sobre os perigos que rondam a Internet, mas não fica espiando o que eles postam.

C – Verifica antes tudo o que eles vão postar.

 

2) Você pegou o seu filho contando uma mentira. O que faz?

A – Só conversa com ele e fala sobre os prós e contras de mentir.

B – Fica decepcionada e tenta encontrar justificativas para o que ele fez.

C- Aponta todos os prós e contras de mentir e impõe um castigo.

 

3) Que tipo de presente você considera mais útil para uma criança de dez anos?

  1. A) Um jogo que ensina sobre ecologia ou cidadania.
  2. B) Algo que ela deseja muito ou mostrou outro dia no shopping.
  3. C) Um brinquedo educativo.

 

4) Sua filha foi convidada para a primeira baladinha. O que você faz?

  1. A) Compra o melhor vestido, os sapatos mais bonitos e leva sua filha ao salão de beleza.
  2. B) Permite sem restrições, afinal, chegou a hora.
  3. C) Antes de deixar, quer saber de todas as informações: onde vai ser, quem estará lá etc.

 

5) A professora diz que seu filho está com dificuldades. Qual é a sua reação?

  1. A) Fica triste, ouve as sugestões dela sobre como ajudá-lo e diz ao filho que tudo vai ficar bem.
  2. B) Diz à professora que ela está exagerando e que o filho não tem interesse na aula, pois ela não é boa.
  3. C) Vai atrás de tudo o que é necessário para driblar o problema: aulas de reforço, livros específicos, psicólogo…

 

6) Complete a frase: a infância é um momento de…

  1. A) Ternura, diversão e sonho.
  2. B) Atividade e aprendizado.
  3. C) Construir o adulto de amanhã.

 

7) Qual é o ensinamento mais valioso que uma mãe pode proporcionar a um filho?

  1. A) O afeto materno é incondicional e capaz de tudo.
  2. B) Autonomia, para, no futuro, virar um adulto empreendedor e independente.
  3. C) O respeito pelo próximo e pelo mundo que o cerca.


Maioria A: Mãe coração mole

Aquela que fica desesperada quando ouve qualquer choradinha. Mas como não se apaixonar cegamente pelo seu filhote e protegê-lo até o fim?

Maioria B: Mãe Desencanada

Aquela que acha que desde cedo o filho tem que saber se virar sozinho e normalmente ele tem razão nas coisas.

Maioria C: Mãe General

Aquela que gosta de ter controle de tudo e não deixa o pequeno sair da linha, porque, afinal, se algo der errado, se sentirá culpada!

Coisas para quem não gosta de Carnaval

O Brasil é conhecido como país do Carnaval. Mas nem todo mundo gosta do título de folião.

Se você está nesta lista e prefere curtir os dias do feriado com mais tranquilidade, temos algumas sugestões:
  • Sessão cinema: Fazer uma pipoquinha com guaraná, mais uma sessão de filmes. Pode até haver sorteio para ver qual vai ser o primeiro filme a passar. Ou ir até o cinema mesmo e ver o lançamento mais próximo. Fica de olho que alguns filmes indicados ao Oscar estão sendo lançados no Brasil.
  • Descobrir novos sites e blogs: Procure inspirações em seus favoritos! Encontre receitas, dicas de decoração, maquiagem, tem de tudo na interne! Alguma coisa com certeza vai ser útil para você.
  • Dedicar-se a um hobby: Gosta de pintura? De cozinhar, costurar, escrever, bordar? Dedique-se a eles! Que tal ir tirar fotografias? Com o celular mesmo já vale. É bom para distrair, e vai que você descobre um outro lado seu
  • Leitura e séries em dia: São ótimos exercícios para aprendermos novas culturas, novas histórias, colocar a imaginação pra rodar. Sem contar que você pode terminar aquelas trilogias que são promessas há muito tempo!
  • Tirar os dias para cuidar de si: vá fazer as unhas, pintar os cabelos, cuidar da pele, hidratação, drenagem, cuide de você de alguma maneira, com certeza você merece!
  • Arrumação da casa: limpe e arrume a casa, mude os móveis de lugar, a cama, o armário, aproveite alguns espaços para modificar e deixar o ambiente ainda mais agradável. Ou dê um jeito no guarda-roupa, separando algumas peças para doação.

Teste: Que tipo de dona de casa você é?

Mais prática, econômica ou superaplicada? Descubra!

1) Você acorda e a primeira coisa que você faz é:

  • A) Tomar um suco que é mais prático.
  • B) Passar um café fresquinho.
  • C) Lavar a louça de ontem antes de mais nada.

2) Na hora de lavar roupa você…

  • A) Esfrega só as mais encardidas pra não perder tempo.
  • B) Separa por cores e lava as mais delicadas na mão.
  • C) Reutiliza água.

3) No mercado…

  • A) Fico muito tempo na parte de congelados.
  • B) Sigo a lista à risca.
  • C) Pesquiso vários preços.

4) Na hora de jantar…

  • A) Só na meia muçarela, meia atum.
  • B) Todo mundo da casa senta junto para uma refeição fresquinha.
  • C) Cada um faz seu prato com as sobras do almoço e esquenta no micro-ondas.

5) Indo para cama…

  • A) Nem quero pensar que no fim de semana vou ter que fazer faxina pesada.
  • B) Estou cheirando a tempero da comida que preparei no jantar.
  • C) Com unhas impecáveis, porque usei luvas para proteger minhas mãos, salvando a saúde e ainda a manicure da semana.

Maioria das respostas: Maioria A

Dona de Casa Prática: Você precisa fazer mil coisas durante a semana e mal tem tempo de aproveitar sua casa. Então gosta de tudo o mais fácil possível para não ter mais preocupação.

Maioria das respostas: Maioria B

Dona de Casa de Mão Cheia: Você pode até trabalhar fora e ter mais outras coisas importantes para fazer, mas para você cuidar da casa e do bem-estar de todos que moram nela é essencial! E ama fazer tudo isso!

Maioria das respostas: Maioria C

Dona de Casa Econômica: É aquela que pensa acima de tudo como as ações vão refletir no seu bolso. Gosta de gastar o menos possível, mas, claro, mantendo tudo sob controle.


Qual foi o seu resultado? Conta pra gente!

Como fazer o autoexame nas mamas

Outubro Rosa está aí para lembrar de você mesma!

Você percebeu que a Spontina já está no clima do Outubro Rosa, não é mesmo? Em outro post já explicamos como esta data surgiu, mas sempre é válido lembrar-se da importância dela para a saúde da mulher.

O autoexame é uma maneira simples de reconhecer se tem algo fora do normal no seu corpo. O ideal é fazer o procedimento uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstruação. Para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito num mesmo dia de cada mês a sua escolha, por exemplo, todo dia 7.

O primeiro passo é procurar diante do espelho algumas deformações ou alterações no formato das mamas, ferida ao redor do mamilo ou se saem secreções pelos mamilos.

Veja como:

  • Diante do espelho: 

d e

Eleve e abaixe os braços e observe se há alguma anormalidade na pele, alterações no formato, abaulamentos ou            retrações.

  • Durante o banho:

d b

Com a pele molhada ou ensaboada, eleve o braço direito e deslize os dedos da mão esquerda suavemente sobre a mama direita estendendo até a axila. Faça o mesmo na mama esquerda.

  • Deitada:

d 1

Coloque um travesseiro debaixo do lado esquerdo do corpo e a mão esquerda sob a cabeça. Com os dedos da mão direita, apalpe a parte interna da mama. Inverta a posição para o lado direito e apalpe da mesma forma a mama direita.

d 2

Com o braço esquerdo posicionado ao lado do corpo, apalpe a parte externa da mama esquerda com os dedos da mão direita.
Caso você encontre algo, procure um serviço médico o mais cedo possível. E, assim, os médicos irão te encaminhar para os próximos passos de uma investigação mais profunda.

Imagem e informações: Saúde em Movimento

Curiosidades sobre o beijo

Não vão faltar motivos para comemorar a data!

Hoje é comemorado o Dia do Beijo. É difícil saber ao certo o que motivou a criação da data comemorativa, mas diz a lenda que o italiano Enrique Porchelo beijava todas as mulheres que encontrava na vila em que vivia, casadas ou não.

Em 13 de abril de 1882, o padre local teria oferecido um prêmio em moedas de ouro às mulheres que não haviam sido beijadas pelo “Don Juan”. A história conta que nenhuma apareceu e que o tesouro está escondido em algum lugar da Itália até hoje. A verdade é que é difícil não querer dar um beijinho em quem se ama, não é mesmo?

Veja agora algumas curiosidades (e corra pra comemorar!):

  • Os lábios humanos são diferentes dos lábios de todos os outros animais porque são invertidos, o que possibilita que façamos beicinhos. Porém, nós não somos a única espécie que gosta de beijos. Macacos também encostam seus lábios para demonstrar afeição ou reconciliação.
  • Os cientistas não têm certeza porque os humanos se beijam, mas alguns acreditam que a resposta está na experiência da alimentação, criada pelos nossos ancestrais. Por receberem comida semi-mastigada dos pais quando pequenos, crianças aprenderam a associar o encostar dos lábios a um ato de amor.
  • Outra possibilidade também estudada pelos cientistas para a origem do beijo está no olfato. Cheirar o rosto de uma pessoa amada serviu por muito tempo como forma de identificação em diversas culturas ao redor do mundo, da Nova Zelândia ao Alaska. Com o tempo, roçar os lábios se tornou um acompanhante bem interessante.
  • Os militares romanos introduziram o beijo em muitas culturas que não tinham esse hábito, durante suas conquistas.
  • As primeiras evidências literárias sobre beijos vêm de textos sânscritos do nordeste da Índia! Escrito de mil a dois mil anos atrás, o texto menciona amantes encostando suas bocas.
  • A dopamina é um neurotransmissor associado às sensações de desejo e recompensa, que responde às novas experiências. Isso explica porque beijar alguém novo pode ser tão especial. Em algumas pessoas, uma dose de dopamina pode causar perda de apetite e insônia, sintomas muitas vezes associados à paixão. A dopamina é produzida na área central do cérebro, mesma região afetada pelo vício em drogas. Entendeu porque existem beijos viciantes?
  • Beijar também é um exercício. Movimenta 29 músculos, sendo 17 só da língua. Alguns dermatologistas apontam que esse trabalho muscular pode ajudar a manter o rosto jovem por mais tempo, além de melhorar a sustentabilidade da pele.
  • A instituição de terapia sexual britânica, a Relate, recomenda o beijo como forma de combater a depressão. Isso porque a endorfina age como um verdadeiro antídoto para a neurose, por conta do prazer que proporciona.
  • Dois terços das pessoas inclinam a cabeça para a direita quando beijam, de acordo com um estudo feito na Alemanha. Este comportamento pode ser reflexo da preferência de movimento de cabeça observada em bebês e até em fetos.

Direitos conquistados pelas mulheres

Dia 8 de março é Dia Internacional da Mulher. A data foi escolhida a partir da manifestações de mulheres operárias, nos Estados Unidos, por melhores condições de trabalho. O movimento, ocorrido no dia em 8 de março de 1857, foi duramente reprimido.
Não bastasse a violência, ocorreu um incêndio na fábrica que causou a morte de mais de 100 operárias que trabalhavam no local. Décadas depois, o 8 de março ficou reconhecido oficialmente como o Dia da Mulher. Conheça um pouco dessas conquistas:

– 1788: O político e filósofo iluminista francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres;

– 1792: Na Inglaterra, Mary Wolstonecraft escreve um dos grandes clássicos da literatura feminista – A Reivindicação dos Direitos da Mulher – onde defendia uma educação para meninas que aproveitasse seu potencial humano.

– 1840: Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos, pouco antes de estourar a Guerra de Secessão.

– 1857: Nos Estados Unidos, no dia 8 de março, em uma fábrica têxtil, em Nova York, 129 operárias morrem queimadas numa ação policial porque reivindicaram a redução da jornada de trabalho de 14 para 10 horas diárias e o direito à licença-maternidade. Mais tarde foi instituído o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, em homenagem a essas mulheres.

– 1859: Surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

– 1862: Durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

– 1865: Na Alemanha, Louise Otto cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

– 1866: No Reino Unido, em plena Revolução Industrial, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas.

– 1869: É criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres.

– 1893: Na Nova Zelândia, pela primeira vez no mundo, as mulheres têm direito ao voto.

– 1870: Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

– 1874: Criada no Japão a primeira escola normal para moças.

– 1878: Criada na Rússia uma Universidade Feminina.

– 1901: O deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.

– 1923: No Japão, as atletas femininas ganham o direito de participarem das academias de artes marciais.

– 1945: Após a Segunda Guerra Mundial, a igualdade de direitos entre homens e mulheres é reconhecida em documento internacional, através da Carta das Nações Unidas.

– 1948: A holandesa Fanny Blankers-Koen, 30 anos, mãe de duas crianças, foi a grande heroína individual da Olimpíada, superando todos os homens ao conquistar quatro medalhas de ouro no atletismo.

– 1949: São criados os Jogos da Primavera, ou ainda “Olimpíadas Femininas”. No mesmo ano, a francesa Simone de Beauvoir publica o livro “O Segundo Sexo”, no qual analisa a condição feminina.

– 1951: Aprovada pela Organização Internacional do Trabalho a igualdade de remuneração entre trabalho masculino e feminino para função igual.

– 1974: Na Argentina, Isabel Perón torna-se a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente.

– 1975: Na Argentina, comemora-se o Ano Internacional da Mulher. A ONU promove a I Conferência Mundial sobre a Mulher, na Cidade do México. Na ocasião, é criado um Plano de Ação.

– 1983: Nos Estados Unidos, Sally Ride é a primeira mulher astronauta. Voou na nave espacial Challenger.

– 1985: No dia 29 de agosto, foi criado o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) com a finalidade de promover em âmbito nacional, políticas que visem a eliminar a discriminação da mulher, assegurando-lhe condições de liberdade e de igualdade de direitos, bem como sua plena participação nas atividades políticas, econômicas e culturais do País.

– 2001: Na Alemanha, Jutta Kleinschmidt é a primeira mulher a vencer o Rali Paris-Dakar, na categoria carros. Considerada a prova mais difícil do planeta – seu desafio é atravessar o deserto – Kleinschmidt, com essa vitória, faz jus à força feminina, presente em todas as atividades do mundo atual. Em 23 anos de disputa, jamais uma mulher havia ganhado nessa competição.

– 2005: Na Alemanha, Angela Merkel foi eleita a nova chanceler alemã, a primeira mulher a ocupar o cargo na história do país. Ela foi aprovada para o cargo pelo Parlamento alemão, e teve 397 votos a favor, contra 202 contra. Houve 12 abstenções.

Fonte: História Digital

Dia da Criatividade

 Como incentivar o seu lado criativo.

Confira algumas dicas para você ser sempre criativo, principalmente no trabalho. Leia mais