Sintomas do câncer de próstata

Veja quais são as principais maneiras de identificar a doença.

O Novembro Azul tem o mesmo objetivo do Outubro Rosa: levar a discussão para o dia a dia e aumentar o conhecimento sobre o assunto.

Este mês é dedicado para conscientização sobre o câncer de próstata, que conta com a estimativa de que, em 2016, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer, teriam sido diagnosticados 61 mil novos casos no país.

Se o homem tem o hábito do check-up anual, com certeza saberá se tem algo diferente no corpo., mas o diagnóstico da doença é feito através do exame de sangue de PSA e do toque retal, solicitados pelo urologista.

Mas a doença também pode ser percebida com alguns sintomas, veja:

– Dificuldade para urinar;

– Urinar frequentemente;

– Dores na lombar, na região das costas, e até coxas e quadris;

– Sensação de que você acabou de urinar e parece que ainda tem xixi na bexiga;

– Resíduos de sangue na cueca e no xixi;

– Dor ao ejacular.

Geralmente, o tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, dependendo do estágio da doença. Procure um médico caso sinta algum desses sintomas ou algo que não é o de costume no seu corpo.

Fonte: Tua Saúde/ Blasting News Br/ Hospital de Câncer de Barretos/ / Uol

 

Outubro Rosa: o combate efetivo do câncer de mama

Este mês é dedicado para a prevenção do câncer de mama, a campanha Outubro Rosa, serve para lembrar da saúde da mulher, especialmente do câncer de mama, que quando diagnosticado precocemente tem chance em 98% de cura.

O câncer de mama é o que mais vitima mulheres de 40 a 69 anos de idade, e o número não é maior, pois as mulheres seguem a cartilha dos exames de rotinas periódicos e do auto exame também.

Independentemente de constarem no grupo de risco, é importante que todas as mulheres prestem atenção às orientações para prevenção do câncer de mama, os cuidados devem iniciar ainda na juventude, fase em que a mulher já deve consultar-se com o ginecologista anualmente e realizar o autoexame das mamas uma vez ao mês. Este, facilita a identificação de qualquer alteração: pequenos nódulos, existência de secreção nos mamilos, mudança de cor da pele, etc. O correto é fazer o autoexame das mamas todos os meses, a partir dos 21 anos, sempre no sétimo dia subsequente ao início da menstruação. Mulheres na menopausa também devem dedicar um dia por mês para realizar o toque nas mamas.

A observação das mamas deve ser feita em frente ao espelho que deve ser verificado o tamanho, a posição, a forma da pele, a aréola e o mamilo. Primeiro, com os braços relaxados na lateral do corpo. Depois, com as mãos na cintura, apertando o abdômen, e, por último, com as mãos atrás da cabeça. Antes de concluir, a mulher também deve apertar o mamilo para certificar-se de que não existe secreção.

A mulher deve prestar atenção à existência de caroços, secreções, saliências ou alguma diferença na consistência da mama. É importante examinar, também, as axilas e o pescoço. Caso a mulher encontre uma depressão, saliência, rugosidade, alteração na forma do mamilo ou qualquer outra situação que lhe pareça anormal, deve consultar-se com um ginecologista.

Mas, lembre-se o autoexame das mamas não substitui e nem torna dispensável a realização da mamografia, que deve ser feito a partir dos 50 anos, todos os anos. O exame ajuda a detectar lesões que não são sentidas pelo toque e que, geralmente, estão em estágio inicial, o que aumenta as chances de cura do câncer.

Fonte: Clínica Soma

Novembro Azul: Em prol da saúde do homem

A importância da prevenção contra o câncer de próstata

Depois de inúmeras ações para comemorar o Outubro Rosa, que chamou a atenção de mulheres para a prevenção do câncer de mama, o foco agora são os homens! No mês de novembro, todo o mundo se une em prol da Campanha Novembro Azul, cujo objetivo é alertar para os cuidados com a saúde masculina e lembrar a importância da realização de exames preventivos contra o câncer de próstata.

O movimento Novembro Azul surgiu na Austrália, em 2003, durante o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, que ocorre no dia 17 de novembro. Atualmente, no Brasil, cerca de 69 mil novos casos de câncer de próstata surgem ao ano, sendo esta a segunda maior causa de óbitos por câncer em homens, perdendo apenas para o de pulmão.
Assim como qualquer doença diagnosticada no início, existem mais chances de cura e tratamentos mais viáveis. Não importa a sua idade, um check-up periódico é essencial! O diagnóstico precoce previne, além do câncer de próstata em homens a partir dos 45 anos de idade, doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, entre outras doenças.

Portanto, a hora de cuidar da saúde é agora!

Fonte: www.novembroazul.com.br

Fonte: www.novembroazul.com.br

Como fazer o autoexame nas mamas

Outubro Rosa está aí para lembrar de você mesma!

Você percebeu que a Spontina já está no clima do Outubro Rosa, não é mesmo? Em outro post já explicamos como esta data surgiu, mas sempre é válido lembrar-se da importância dela para a saúde da mulher.

O autoexame é uma maneira simples de reconhecer se tem algo fora do normal no seu corpo. O ideal é fazer o procedimento uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstruação. Para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito num mesmo dia de cada mês a sua escolha, por exemplo, todo dia 7.

O primeiro passo é procurar diante do espelho algumas deformações ou alterações no formato das mamas, ferida ao redor do mamilo ou se saem secreções pelos mamilos.

Veja como:

  • Diante do espelho: 

d e

Eleve e abaixe os braços e observe se há alguma anormalidade na pele, alterações no formato, abaulamentos ou            retrações.

  • Durante o banho:

d b

Com a pele molhada ou ensaboada, eleve o braço direito e deslize os dedos da mão esquerda suavemente sobre a mama direita estendendo até a axila. Faça o mesmo na mama esquerda.

  • Deitada:

d 1

Coloque um travesseiro debaixo do lado esquerdo do corpo e a mão esquerda sob a cabeça. Com os dedos da mão direita, apalpe a parte interna da mama. Inverta a posição para o lado direito e apalpe da mesma forma a mama direita.

d 2

Com o braço esquerdo posicionado ao lado do corpo, apalpe a parte externa da mama esquerda com os dedos da mão direita.
Caso você encontre algo, procure um serviço médico o mais cedo possível. E, assim, os médicos irão te encaminhar para os próximos passos de uma investigação mais profunda.

Imagem e informações: Saúde em Movimento

Alimentos que combatem o câncer

 Mude a dieta e pense na saúde!

Ainda hoje o câncer é uma das doenças mais temidas, principalmente por conta que, em alguns casos, infelizmente ainda não há cura. Segundo um estudo* do British Journal of Cancer, 45% dos casos de câncer em homens e 40% dos casos de câncer em mulheres poderiam ser evitados com a adoção de hábitos de vida saudáveis, dentre eles a alimentação.

Então segue uma listinha de alimentos que podem ajudar a prevenir a doença:

  • Brócolis: Graças a diversos compostos, como o fitoquímico sulforafano, eles têm a capacidade de destruir células cancerígenas e deixar as demais intactas. Em uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, homens com câncer de próstata que consumiram o vegetal apresentaram inibição de determinada enzima que também é alvo de medicamentos para tratamento da doença. Resultados similares também puderam ser vistos em mulheres com câncer de mama.
  • Chá verde: Além de acelerar o metabolismo e evitar a formação de coágulos nas artérias, o chá verde é rico em antioxidantes, que atuam na prevenção do câncer, ajudando pacientes de tratamento do câncer de próstata. Também mostrou que a bebida tem importante atuação contra o câncer de pulmão: uma única xícara por dia reduz em 13 vezes o risco de fumantes desenvolverem a doença.
  • Alho e cebola: Pertencem a um mesmo gênero de alimentos que são fonte de determinado fitoquímico envolvido na capacidade de excreção de compostos carcinogênicos, ou seja, alimentos que auxiliam na eliminação de toxinas que favorecem o desenvolvimento de doenças degenerativas, como o câncer. O estudo aponta para redução do risco de câncer de intestino e de pâncreas.
  • Tomate: Muitas pessoas associam o tomate à prevenção do câncer de próstata. O alimento é fonte de licopeno, carotenoide que confere alto grau de proteção contra a oxidação celular. É preferível comer o tomate após o aquecimento e acompanhado de uma gordura, como o azeite, para facilitar a absorção da substância pelo organismo. Molho de tomate, portanto, é a melhor escolha para obter o nutriente.
  • Frutas vermelhas: Framboesa e a amora são ricas em antocianinas, fitonutrientes que retardam o crescimento de células pré-malignas e evitam a formação de novos vasos sanguíneos que poderiam estimular o crescimento de um tumor. O consumo desses alimentos reduz o risco de desenvolver câncer de boca, câncer de mama, câncer de cólon e câncer de próstata.

 * Estudo divulgado pela Cancer Prevention Research, em dezembro de 2011 nos Estados Unidos.

Novembro Azul

Saiba mais sobre esta campanha em prol da saúde.

Você se lembra que no mês passado a Spontina estava vestindo um lacinho rosa? Era porque apoiamos a campanha Outubro Rosa, que alertava para a importância da prevenção do câncer de mama.

Este mês, a Spontina usa sua cor preferida, o azul, por uma outra boa causa. O Novembro Azul é um mês dedicado a alertar os homens da importância dos exames para o diagnóstico precoce do câncer de próstata, que tem um índice altíssimo e deveria ser tão preocupante quanto o câncer de mama.

Leia mais