Limpando botas de couro

Veja como cuidar dos seus calçados

Botas de couro podem ser lindos acessórios, uma escolha confortável para a caminhada diária ou uma necessidade prática para certos tipos de trabalhos.

Aprenda com algumas dicas sobre como limpar suas botas de couro e fazer com que elas durem anos:

  • Lustre suas botas: Use óleo para botas e esfregue-o nelas com um Pano Resist da Spontex. Pode usar também um polidor de botas, aplicando-o com uma espuma ou outro Pano Resist. Estas substâncias ajudarão a proteger suas botas contra manchas e as deixarão parecendo novas;
  • Escove a sujeira: Após um dia caminhando com suas botas, use uma escova macia para retirar a sujeira acumulada. Se a sujeira estiver grudada nas botas, cuidadosamente retire-a com um objeto duro, tendo cuidado para não arranhar o couro. Não deixe sujeira e lama ficarem em suas botas por um longo período de tempo. O couro irá se deteriorar se você não limpar suas botas imediatamente.
  • Mantenha-as sempre polidas: Aplique polidor frequentemente para proteger suas botas da sujeira e do dano.
  • Remoção de Manchas: Faça uma solução de sabão hidratante e água. Umedeça um Pano Resist na mistura e esfregue a mancha de sua bota de couro. Retire a água com sabão usando um pano úmido com água e então passe um Pano Multiuso da Spontex, desta vez seco. Água não prejudica o couro, então repita este processo quantas vezes você precisar. Somente certifique-se de tirar o sabão do couro quando terminar. Tente lenços de bebê ao invés de água com sabão, se você quiser.
  • Para retirar arranhões: Esfregue óleo de oliva com um cotonete, mergulhe um cotonete em óleo de oliva e esfregue em movimentos circulares por todo o arranhão, até que fique menos visível. Limpe a área com um Pano Resist úmido e deixe secar.
  • Termine polindo suas botas: Uma vez que você tenha removido todas as manchas e arranhões, dê uma boa polida em suas botas para protegê-las de manchas.
  • Últimas dicas: Leve suas botas para um sapateiro para remover as manchas mais fortes e os arranhões e nunca esfregue couro macio com uma escova dura ou irá riscar.

Qual tipo de pai você é?

Perto de comemorar o dia do homem mais importante da nossa vida, por que não começar agora com as homenagens?

Você é um pai que tem aquele perfil mais descontraído? Ou é aquele super companheiro? Ou então é um pouco mais ríspido?

Veja em qual perfil mais se encaixa e compartilha com a gente! J

 

1) É aniversário do seu filho. Como vocês comemoram?

A) O filho ganha desde um café da manhã especial até uma super festa de aniversário. É o dia em que ele pode tudo.

B) Planeja tudo com o seu filho: se ele quer uma festa tradicional ou algo mais descontraído, quem serão os convidados…

C) Só faz festa de aniversário se ele estiver se comportando.

 

2) O que acontece quando vocês vão ao supermercado?

A) Vocês montam a lista de compras juntos e só levam o que foi combinado.

B) Seu filho sempre leva tudo o que pede, você não faz muitas restrições.

C) Com você não adianta pedir – é “não” e pronto.

 

3) Vocês decidem almoçar ou jantar fora. Como é a refeição?

A) Vocês costumam variar os lugares, dependendo do gosto de cada um, e nada de abusar.

B) É no lugar que o seu filho mais gosta e ele come o quanto quiser.

C) Você praticamente monta o prato do seu filho e, se ele não comer tudo, não tem sobremesa.

 

4) Seu filho pede um presente de Natal que você não tem dinheiro para comprar. O que você faz?

A) Explica ao seu filho que não vai comprar o que ele pediu dessa vez e pede para ele escolher outra coisa.

B) Aperta um pouco as contas e acaba comprando.

C) Seu filho provavelmente nem pediria, pois sabe qual é a resposta.

 

5) Como você reage quando descobre que o seu filho mentiu?

A) Repreende o filho, mas também precisa ouvir os motivos dele.

B) Fica decepcionado, mas perdoa, já que criança é assim mesmo.

C) Dá uma bronca ou o deixa de castigo, sem discussões.

 

6) Você conversa muito com seu filho?

A) Sim, vocês conversam sobre tudo.

B) Você procura estar com seu filho o tempo inteiro e, geralmente, conversa sobre a vida dele, coisas que ele quer…

C) Não há muito diálogo além das tarefas diárias e notas escolares.

 

7) Seu filho costuma dar chiliques para chamar a atenção? Como você reage?

A) Quase nunca, pois ele sabe que com você não funciona.

B) Ele faz manha quando quer alguma coisa e você acaba cedendo às pressões.

C) Ele nem arrisca fazer manha, pois sabe que será fortemente repreendido.

 

RESULTADO

 

Maioria A – Pai Mega Atencioso

Aquele que participa de todas as formas da vida dos filhos e, além de ensinar, é parceiro para tudo e com certeza é o melhor amigo de seu filho.

 

Maioria B – Pai Super de Boa

Aquele que é tranquilo, que prefere deixar o filho ter opinião própria e acaba cedendo um pouco demais, mas também é aquele que faz tudo para ver o seu filho sempre feliz.

 

Maioria C – Pai Muito Duro

Aquele que prefere ser mais rígido na criação para ter certeza que todos os seus valores serão passados. Muitos filhos não enxergam desta forma, mas o amor dele ultrapassa todos os limites que ele impõe.

 

 

Estender a roupa dentro de casa

Não tem quintal grande? Ou não tem lavanderia que possa estender as roupas? Ou está chovendo sem parar na região que você mora?

Estender a roupa em casa pode representar um risco para a nossa saúde devido à quantidade de umidade que é gerada pela roupa molhada, especialmente no que se refere a pessoas que têm doenças respiratórias.

Por esse motivo, devemos fazer isso com o máximo de segurança para evitar colocar em risco a nossa saúde.

Veja algumas dicas:

– A primeira coisa para providenciar é um varal de chão, aqueles que vendem em lojas de departamento. São fáceis de ser guardados quando não forem necessários. O ideal é que sejam de aço inoxidável ou plástico;

– Em sua casa deve encontrar um local que seja livre de umidade e bastante arejado, para evitar que a umidade da roupa molhada se espalhe. O ideal também é que seja num espaço que não utilize com muita frequência (evite quartos e a sala);

– Na hora de estender a roupa dentro de casa, primeiro agite as peças de roupa, uma a uma, de forma a retirar o excesso de água. Em seguida, coloque nos varais do meio as peças pequenas, como roupa íntima. Os varais externos use-os para roupas de tamanho médio, como camisas finas, de algodão ou poliéster. As peças de roupa mais pesadas e maiores, como calças e toalhas grandes, deverão ser colocadas nas laterais. Evite colocar as peças de roupa muito próximas umas das outras, deixe um espaço entre elas para que o ar circule e sequem mais rapidamente, caso contrário, pode gerar mau odor.

– Outra dica: quanto mais esticadinha a roupa estiver no varal, mais fácil será para passar (e para alguns tecidos isso nem será necessário);

– Ah, e claro, nada de estender roupas nas grades de trás da geladeira e freezer! Isso pode causar no mínimo um incêndio, ou seja, não é nada seguro.

4 molhos para massa para fazer em casa

Quem não ama uma boa massa?

Para deixar a sua massa perfeita, você precisa de um delicioso molho. Então, para te ajudar, selecionamos receitas para te deixar apaixonada, confira!

Molho Carbonara: a receita é simples e sem muito mistério para o seu prato ficar um sucesso! Esse molho é especial para macarrão!

Você vai precisar de:

– 100 g de bacon em cubos

– 1 lata de creme de leite

– 3 gemas

– 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

Em uma frigideira antiaderente, frite o bacon em fogo médio. Escorra o excesso de gordura e reserve. Em uma tigela, misture o creme de leite, as gemas e o queijo parmesão ralado até obter um creme homogêneo. Acrescente o bacon reservado e despeje sobre a sua massa. Leve ao forno alto, pré-aquecido, por 10 minutos, retire e sirva em seguida


Molho Branco:
Um dos mais fáceis de fazer, é também dos preferidos, combina com todo tipo de massa.

Você vai precisar de:

– 2 colheres de óleo

– 2 dentes de alho

– ½ cebola

– 1 copo de requeijão

– 1 creme de leite

– Cebolinha, salsinha e sal a gosto

Em uma outra panela, adicione o óleo e a cebola, quando a cebola começar a fritar adicione o alho e deixe fritar mais um pouco, logo verá que o alho vai dourar. Neste momento, coloque o requeijão e deixe ele derreter bem, quando ele estiver bem derretido coloque a cebolinha, salsinha e o creme de leite e mexa bem, até ficar homogêneo. Coloque sal e sirva.

Molho ao Sugo: É uma das opções mais saudáveis. Ele possui baixo teor de calorias! Além de ser o clássico dos clássicos.

Você vai precisar de:

– 2 kg de tomates maduros

– 1 cebola média

– ¾ de xícara de chá de azeite

– sal a gosto

– manjericão (opcional)

Corte os tomates ao meio e tire o “umbigo”. Coloque na panela e leve ao fogo (sem óleo e sem tempero), mexa sempre para não grudar. Cozinhe por mais ou menos 30 minutos, quando estiver bem dissolvido coloque no liquidificador e bata por 8 a 10 segundos, não deixe triturar a semente. Passe pela peneira e reserve o molho peneirado. Coloque a cebola no liquidificador com um pouquinho de água e bata até triturar. Coloque o azeite na panela e deixe esquentar, ponha a cebola triturada e deixe fritar um pouco, depois coloque o tomate peneirado, sal quanto baste e mexa bem, deixe o molho cozinhar por mais ou menos 30 minutos em fogo baixo. Se quiser, pode colocar folhas de manjericão.

Molho Pesto: O sabor mais forte desse molho é graças às ervas, que deixam o seu prato diferenciado e muito mais gostoso!

Você vai precisar de:

– 4 dentes de alho

– 1 colher de chá de sal

– 1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco

– 3 colheres de chá de nozes sem casca

– 100 g de queijo parmesão ralado

– ½  xícara de chá de azeite

– Pimenta do reino a gosto

Descasque os dentes de alho, passe pelo espremedor e coloque em uma tigela. Adicione a colher de chá de sal e misture muito bem. Triture as nozes (no processador, com um pilão ou com as mãos) e junte alho e sal. Lave as folhas de manjericão, seque e pique em pedaços bem pequenos, coloque também na tigela. Acrescente o queijo e o azeite e misture muito bem até obter uma pasta homogênea, tempere com um pouco de pimenta do reino e conserve em um vidro esterilizado.

7 dicas para usar o sal na limpeza doméstica

Você nem imagina o quanto vai te ajudar!

Em relação à alimentação, o sal deve ser consumido com moderação, mas para limpeza, pode ser usado largamente, principalmente o sal grosso.

Por incrível que pareça, o uso do sal na limpeza doméstica é uma prática sustentável, barata e eficiente. Dê uma olhada nas dicas:

  1. Para deixar um metal brilhando: Utilize partes iguais de sal, farinha de trigo e vinagre. Depois, misture os três ingredientes e aplique sobre o metal;
  2. Nas panelas gordurosas: Adicione um pouco de sal e depois use um pedaço de papel para limpar. Após isso, siga com a lavagem normal;
  3. Quando quiser eliminar o cheiro de comida do forno: Prepare uma mistura com sal e canela. Com o forno quente, borrife a mistura na parte de cima e de baixo deste. Espere o forno esfriar e tire as manchas com um Pano Resist úmido;
  4. Para tratar as manchas de mofo em tecidos: Faça uma pasta de partes iguais de sal e suco de limão. Aplique a pasta sobre a mancha, e depois deixe o tecido secar sob o sol. Em seguida, siga com a lavagem normal;
  5. Lençóis amarelados ou desbotados: Seus lençóis amarelados ou desbotados podem voltar a ser branquinhos. Para tanto, adicione a uma panela grande 5 colheres de sopa de sal e uma de bicarbonato de sódio. Coloque os lençóis dentro da panela e deixe ferver por 14 a 30 minutos. Depois tire os lençóis e os lave com água fria;
  6. Calçados com mau cheiro: Insira um pouco de sal nos calçados com mau cheiro para eliminar o odor. Para eliminar o cheiro das mãos, após lavar com água e sabão, você também pode esfregar os dedos com uma combinação de sal e vinagre;
  7. Dar brilho às torneiras cromadas: Misture duas colheres de sopa de sal com uma colher de chá de vinagre e use para dar brilho às torneiras cromadas.

Ahhh, e não se esqueça de sempre usar luvas para proteger suas mãos na hora da limpeza, certo?

Conheça a nossa linha de luvas domésticas aqui!

5 cuidados com pisos laminados

Porque cada detalhe da nossa casa é importante, inclusive o chão!

O piso laminado é sinônimo de conforto e praticidade, mas exige cuidado especial para conservar a beleza do revestimento. Veja estas dicas:
  1. Para começar a limpeza do seu piso, retire o excesso de pó e sujeira com uma vassoura de cerdas macias. Depois, aplique um copo de álcool para 1 litro de água e sabão neutro, umedeça um pano e passe diretamente na área suja.
  2. Se tiver alguma sujeira pontual, o ideal é usar uma Esponja Suave da Spontex com um pouco de detergente líquido neutro.
  3. Depois de deixar o seu piso laminado limpo, você precisa ficar atenta a outros modos de conservação. Como, por exemplo, não arrastar os móveis, principalmente durante a limpeza. Se precisar mudar algo de lugar, proteja os pés e bases com feltro ou borracha para evitar o aparecimento de riscos e manchas.
  4. Nunca utilize material cortante ou abrasivo, cera ou enceradeiras elétricas, esponja de aço, lixa ou produtos à base de silicone, pois promovem a formação de uma camada de gordura sobre o piso, que irá dificultar sua limpeza.
  5. E, se for fazer alguma obra ou pintura, cubra o seu piso laminado com papelão para não ocasionar riscos.

Mãos à obra!

Pia da cozinha nos trinques!

Deixando tudo limpinho e conservado.

A cozinha é o coração da casa, e a pia é onde tudo começa a acontecer. Ou seja, ela precisa estar em ordem!

É necessário um cuidado especial de limpeza e higiene, afinal, é nela que lavamos as louças e iniciamos o preparo das refeições. Por ser tão utilizada, a pia pode acumular sujeiras, germes e bactérias que colocam em risco nossa saúde e nosso bem-estar.

Com algumas medidas simples e eficazes, é perfeitamente possível manter a pia limpa e livre desses problemas, veja como!

  • Após lavar as louças ou cortar alimentos sobre ela, retire qualquer objeto ou resto de comida que tenha caído dentro da cuba ou esteja a seu redor. Isso é essencial para uma higienização completa e impecável. Certifique-se também de que não haja nenhum resíduo obstruindo o ralo.
  • Na hora da limpeza, use uma esponja macia, como a Esponja Suave da Spontex, para limpar os cantinhos. Esfregue bem cada parte, a começar pelas emendas e pelos recortes. As torneiras, a cuba, o ralo e as laterais merecem toda sua atenção.
  • Para uma limpeza perfeita, conte com um bom detergente e também um desengordurante. Esses produtos ajudam a remover a sujeira e a gordura impregnadas na pia da cozinha, além de auxiliarem na retirada do limo. Dê preferência a produtos de limpeza de alta performance, de preferência com bom preço e baixo impacto ambiental.
  • Não deixe acumular água na pia, tenha sempre um rodinho, para quando acabar de lavar louça puxar a água. E use também o PaneSponja da Spontex, que absorve com eficiência todas as poças que cismam em ficar na pia.

3 maneiras de usar vinagre na limpeza

Muito mais que temperar suas saladas, o vinagre fazer mágica na sua casa

A Spontina sempre dá dicas de limpeza – e várias vezes já mostrou que o vinagre branco é um grande aliado da limpeza. Além de ficar uma delícia e de ser ingrediente obrigatório para uma boa salada, ele te ajuda em outras funções.

O produto é ideal também para desinfetar e desodorizar a casa, graças à alta concentração de ácido acético.

Algumas dicas de como utilizar o vinagre para limpar a casa:

  1. Limpar panelas: Espalhe sal na superfície, borrife vinagre e esfregue com uma Esponja Suave da Spontex. Na esponja, adicione um pouco de vinagre antes de esfregar a panela. Simples assim.
  2. Limpar e desentupir os furos do chuveiro: Encha um saco plástico com vinagre e o envolva no chuveiro. Deixe agir durante toda a noite. Na manhã seguinte, retire o saco e abra o chuveiro, deixando a água correr. Chuveiro limpo e furos desentupidos!
  3. Limpar vidros: Misture partes iguais de vinagre branco e água morna e borrife no vidro. Em seguida, seque com o Pano Microfibra Vidros da Spontex, que não solta pelos e vai deixar tudo brilhando!

Como identificar abuso de um idoso

Abuso físico, psicológico e até financeiro podem abalar muito a vida de uma pessoa

Em qualquer idade, as pessoas merecem respeito, imagine então aquelas que já viveram tanto? Os idosos ficam mais vulneráveis e muitas vezes dependentes de outras pessoas, que acabam se aproveitando dessa situação fragilizada.

O abuso de idosos é mais comum que podemos imaginar, e esta violação dos direitos humanos levou a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPEA) instituírem o dia 15 de junho como o Dia Mundial de Conscientização da Violência à Pessoa Idosa.

Como existem muitas formas de abuso, saiba mais sobre o assunto abaixo. Talvez você possa ajudar alguém que está precisando:

  • Abuso emocional: Ocorre quando alguém afeta de maneira psicológica a pessoa idosa, de maneira verbal ou não-verbal, com gritos e ameaças a um idoso, ou humilhação e intimidação.
  • Abuso por negligência: Ocorre quando o cuidador (entende-se aqui como filho, enfermeiro, responsável pelo idoso) falha em cumprir suas obrigações. Neste caso, vale reparar se o idoso não está se alimentando direito ou se está sendo medicado corretamente ou se não é possível manter a higiene do próprio idoso e do lugar que ele vive.
  • Abuso financeiro: Aqui é identificado pelo uso sem aprovação e ilegal dos fundos e propriedades da pessoa idosa. Isso pode ser feito por um cuidador, um membro da família ou uma terceira parte. Existem muitos tipos de abuso financeiro, todos que envolvem pegar coisas do idoso sem sua permissão, sejam bens, posses ou dinheiro. Como usar o cartão de crédito, documentos ou fazer um falso investimento para pegar o dinheiro da pessoa idosa.
  • Abuso social: Ocorre quando um idoso é mantido isolado da interação com as outras pessoas. Ou seja, confinar o idoso a uma certa área ou local, ou proibir de ver outras pessoas, até o simples impedimento de usar o telefone, internet ou outro meio de comunicação.
  • Abuso físico: O mais visível dos abusos envolve danos físicos ao idoso, que acontece quando a força é usada para puni-lo de alguma forma. Bater, dar tapas ou chutar o idoso e usar cordas ou fios para limitá-los.

Caso suspeite que uma pessoa idosa está sendo abusada, não tenha medo de denunciar! Existem alguns números e serviços que podem ser contatados, muito são feitas de forma sigilosa, veja algumas opções:

– Os Conselhos Estaduais para a Defesa da Pessoa Idosa

– A Secretaria Nacional de Defesa dos Direitos Humanos: Disque 100

– Centros Locais de Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa

– Dique Denúncia: Disque 181

7 maneiras de usar a borra de café

O gosto é maravilhoso! E o cheiro então? Até a borra tem seus benefícios! Confira!

O cafezinho é unanimidade entre os brasileiros, mas além de ser uma delícia, pode ajudar no dia a dia da casa. E a borra? É um desperdício jogá-la fora, porque que ela tem utilidades de sobra. Veja alguns exemplos:

  • A borra é um poderoso removedor de mau cheiro dos ambientes. Seque a borra do café ao sol por um dia, coloque no vaso e deixe no local onde está o odor. Ele vai sumir em poucas horas.
  • A borra também retira o cheiro de cebola e de alho das mãos, é só esfregar. No jardim ela funciona como um adubo e um repelente natural, afasta formigas, lesmas e outras pragas.
  • Você pode ainda utilizar o pó como corante para tingir papel e tecidos. É só colocar a borra em um vaso com água bem quente e deixar por 10 minutos.
  • Para deixar a pele mais bonita, use a borra como esfoliante. O café é rico em vitamina B e tem cálcio e potássio, que acalmam a pele fechando os poros.
  • Um excelente aliado no combate à celulite. Você deve misturar a borra utilizada do café com óleo de vitamina E, massageando a área do corpo onde a celulite se encontra localizada. Tenha em atenção que o processo deve ser repetido duas ou três vezes antes de enxaguar o corpo com água.
  • Como repelente para as pulgas dos animais de estimação. Então, antes de dar banho no seu animal de estimação, esfregue-o com a borra que foi utilizada para fazer o café. Ao fazê-lo, estará impedindo o aparecimento de pulgas e zelando pela saúde do seu animal.
  • A borra de café é muito usada na preparação e composição de um fertilizante orgânico, uma vez que as suas propriedades principais são ricas em nitrogênio e em vários nutrientes. Para ter essa função de fertilizante, é necessário misturá-la com um adubo orgânico e deixá-la fermentando durante alguns dias.

Viu quanta coisa dá pra fazer quando a gente reaproveita?